EDP revela o motivo para desistir da Enel Goiás

EDP revela o motivo para desistir da Enel Goiás

29 de julho de 2022

Multinacional tem pedido R$ 10 bilhões pela sua operação em Goiás

A EDP Brasil é uma das multinacionais que desistiram de comprar a Enel Goiás (antiga Celg-D). E nesta sexta-feira (29/7) revelou o motivo: após avaliar os ativos da distribuidora de energia elétrica no Estado, identificou riscos incompatíveis com seu modelo de gestão.

“Analisamos essa oportunidade e, no atual contexto do processo, declinamos e não temos interesse”, disse o diretor-presidente da EDP Brasil, João Marques da Cruz, ao Boadcast Energia, durante teleconferência de resultados do segundo trimestre deste ano.

O vice-presidente Luiz Otávio Henriques comentou que durante as análises, foram identificados riscos incompatíveis com o modelo de gestão da EDP, e que isso fez a empresa desistir de fazer uma oferta pela subsidiária do Grupo Enel. “A conclusão é que tem alguns riscos cujas ferramentas que temos não são as melhores para mitigação”, disse, sem entrar em maiores detalhes.

Com a desistência das multinacionais pelo potencial negócio, restaram apenas as brasileiras Equatorial e a Energisa ainda interessadas na aquisição da Enel Goiás.

Dificuldades

A multinacional Enel tem encontrado dificuldade para encontrar um comprador para sua distribuidora em Goiás, uma vez que as principais empresas do setor elétrico avaliam o valor de R$ 10 bilhões pedido é elevado no contexto atual do mercado brasileiro.

Além disso, a concessionária de Goiás enfrenta uma série de dificuldades em relação à melhoria da qualidade dos serviços, apesar dos investimentos que os atuais controladores fizeram desde que adquiriram a empresa em leilão de privatização. A Enel Goiás tem também sofrido inúmeras críticas de políticos e empresários goianos e ainda existe a ameaça de perda da concessão federal, devido aos problemas apresentados pela companhia.

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.