Albert Einstein vai comprar o Hospital Órion

Albert Einstein vai comprar o Hospital Órion

20 de janeiro de 2021

O hospital ocupa oito andares do complexo Órion Business & Health em Goiânia

EXCLUSIVO: a Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein, mantenedora do Hospital Albert Einstein, com sede em São Paulo, vai comprar o Hospital Órion, inaugurado em dezembro de 2019 em Goiânia. A negociação, confirmada por fontes ao EMPREENDER EM GOIÁS, deve ser concluída nos próximos 90 dias. O hospital goiano pertence ao grupo goiano formado pela GVC Engenharia, FR Incorporadora, Tropical Urbanismo e Joule Engenharia , responsável pela construção do Órion Business & Health Complex, e será a primeira unidade do Albert Einstein fora do Estado de São Paulo.

A Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein é responsável pela gestão do Hospital Órion desde 2019. No contrato assinado com validade de dez anos. o Albert Einstein recebe pagamentos mensais, tem participação nos lucros e prioridade de opção de compra do mais moderno centro médico-hospitalar de alta complexidade do Centro-Oeste, com valor de mercado estimado em mais de R$ 550 milhões.

De acordo com pesquisa encomendada pela mantenedora do Albert Einstein, Goiânia tem uma grande atratividade de pessoas de outros Estados em busca de serviços de saúde, principalmente nos casos que necessitam de um maior nível de especialização médica. O raio de extensão para a atratividade por serviços de saúde em Goiânia abrange todo o interior de Goiás, o Distrito Federal, o Sul da Bahia, e os Estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Maranhão, Acre, Amazonas e Pará.

Segundo informações de profissionais que atuam no Órion, a forte demanda no ano passado pelos serviços e atendimento médico especializado do moderno hospital na capital goiana despertou grande interesse do Albert Einstein em antecipar a sua aquisição. A grande procura por internações para tratamento da Covid-19 teve forte influência para o aumento das internações no Órion em 2020, mas a procura por outras especialidades também foram acima das expectativas iniciais. As negociações entre os grupos paulista e goiano começaram em meados de outubro do ano passado e no final do ano passado foram comunicadas aos médicos do hospital goiano pela direção do Einstein.

A avaliação de médicos e empresários é de que o hospital administrado pelo Albert Einstein fez a rede hospitalar particular de Goiânia se movimentar e melhorar gestão e serviços, além de se modernizar. Profissionais da saúde especulam que o Órion, depois de ser vendido para o grupo paulista, poderá receber novos investimentos para se tornar referência nacional na área de oncologia, o que também desafogará a demanda por internações no Alberto Einstein em São Paulo.

O EMPREENDER EM GOIÁS já havia antecipado (saiba mais aqui), em agosto de 2018, a possibilidade do Alberto Einstein adquirir o Hospital Órion. Ao assumir a gestão da unidade goiana, há cerca de dois anos, a instituição médica paulista, reconhecida internacionalmente com mais de seis décadas de atuação na medicina de alta especialização, implantou uma gestão profissional com metas, excelência e melhoria contínua de indicadores, como a redução de infecção de trato respiratório com paciente entubado, infecção urinária com paciente sondado, diminuição no tempo de permanência no hospital, etc.

Hospital tem uma das estruturas mais modernas do País

O Hospital Órion ocupa aproximadamente oito andares do Órion Business & Health Complex, que foi construído pelas empresas GVC Engenharia, FR Incorporadora, Tropical Urbanismo e Joule Engenharia. Possui mais de 25 mil m², 240 leitos, 40 deles destinados à Unidade de Tratamento Intensiva (UTI). O centro cirúrgico conta com nove salas operatórias, dois hemodinâmicas, estruturadas para receber vários procedimentos de alta complexidade simultaneamente. Além do hospital, o complexo possui mais de 200 clínicas e consultórios. No topo do prédio, um heliponto recebe casos de emergência e pacientes de outras regiões que precisem de transporte aéreo.

As UTIs do Órion são individuais e humanizadas, com televisão, ar-condicionado e poltronas reclináveis e alguns possuem acesso à luz natural, o que auxilia o paciente em sua orientação e recuperação. Contam, ainda, com jardim, sala da família e copa para acompanhantes. Todos os apartamentos são individuais, com automação das persianas, ar-condicionado, iluminação e televisão. Os banheiros são amplos com dispositivo de chamada de emergência e cortinas descartáveis, o que minimiza o risco de infecções.

Os leitos de Transplante de Medula Óssea possuem barreira tripla, ou seja, tratamento de água e pressão positiva com filtro Hepa, além de antecâmara para o controle físico, mecanismos que minimizam o risco de infecções ao paciente. O Centro Cirúrgico possui nove salas inteligentes com equipamentos de alta tecnologia, como ventiladores e monitores integrados ao prontuário eletrônico Tasy, monitores de 55 polegadas para a visualização de imagens. As salas possuem, ainda, teto filtrante que assegura um ambiente seguro e que previne infecções.

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.

6 thoughts on “Albert Einstein vai comprar o Hospital Órion”

  1. Avatar Marco Antonio Machado Arantes disse:

    Bom para Goias.

  2. Avatar Maria Luzia do couto Aguiar disse:

    Fiz cirurgia no Hospital Orion e percebi seu alto padrão de qualidade, tanto nas instalações, quanto no corpo médico e clínico. Recomendo.

  3. Avatar Natalino disse:

    Muito interessante! O impacto será em toda região centro oeste.

  4. Avatar Nilo Eustachio de Carvalho disse:

    Goiania, de parabens e os empoderados, tambem, para os simples mortais, que vâo ser atendidos nas redes privadas, um alento!! pois vem sendo reestilizaddos em reformas e aparelhamentos modernos, já os pacientes como se dizem do INAMPS, à esses, bem!! Devem evitar ao maximo, contrair qualquer tipo de doenças…

  5. Avatar Ruth disse:

    Espero que o Ipasgo acelere o convênio com o Órion…..

  6. Avatar Maria da Conceição Oliveira disse:

    Parabéns .Uma ótima compra e grande hospital em Goiânia,Ela merece ter um hospital desse nível.Parabens aos empreendedores em vir investir seu capital em nossa cidade.Estamos muito felizes.