Devolução de imóveis aumenta e preocupa incorporadoras goianas

Devolução de imóveis aumenta e preocupa incorporadoras goianas

21 de junho de 2022

Fernando Razuk: média de distratos aumentou para 15% neste ano

O número de distratos relativos à compra de imóveis na planta em Goiás saltou da média histórica de 10% para 15% nos primeiros quatro meses deste ano. Os dados do período ainda estão sendo computados, mas o presidente da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Goiás (Ademi-GO), Fernando Razuk, adiantou ao EMPREENDER EM GOIÁS que ele coloca o setor em estado de alerta.

“É natural que esse indicador aumente, porque em 2021 tivemos um volume de vendas muito alto”, pondera Razuk. Ele frisa que o mercado de Goiânia teve o recorde dos últimos dez anos. “Temos de acompanhar a evolução desses números com maior atenção”, diz.

Além do aumento no número de contratos, também influenciou o crescimento dos distratos a crise econômica no País. “Estamos saindo de uma pandemia, com uma guerra que tem influência em todo o mundo, aumento da inflação e queda da renda da população”, avalia Razuk.

Como a renda nem sempre acompanha a valorização dos imóveis, os bancos acabam criando mais restrições para a liberação de crédito. “Temos tido muitos casos de pessoas que compram, pagam a parte da empresa durante a construção do imóvel, mas depois não conseguem o financiamento imobiliário”, afirma o empresário.

Daniela Kafuri: “Houve um aumento gigante e afeta toda a cadeia”

Daniella Kafuri, advogada civilista com atuação na área imobiliária, sócia do Kafuri Riemann Advogados, tem opinião semelhante à do presidente da Ademi-GO. “Vejo que temos essa média histórica de em torno de 10% de distratos”, observa. Ela também chama a atenção para o boom do setor da construção no ano passado. “Houve um aumento gigante, que afeta toda a cadeia”, diz.

“Além disso, com a pandemia, as pessoas passaram a valorizar mais a própria casa, tudo isso contribuiu para esse crescimento”, acrescenta a advogada, para quem o mercado passa por movimentos de adequação à nova realidade.

Leia também: Construção civil de Goiás é a 8ª maior do Brasil.

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.