FCO ganha novos limites de financiamentos

FCO ganha novos limites de financiamentos

16 de junho de 2022

“É muito importante nesse momento para o agronegócio”, diz Luís Alberto

O Conselho Deliberativo de Desenvolvimento do Centro-Oeste (Condel/Sudeco) aprovou na quarta-feira (15/6) aumento dos limites para financiamentos por meio do Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO). O valor individual máximo passou dos atuais R$ 20 milhões para R$ 100 milhões por ano, e o global de R$ 100 milhões para R$ 400 milhões.

Ficou definido também que o limite anual para novos investimentos ficou em R$ 100 milhões e o saldo devedor anual máximo ficou limitado em R$ 400 milhões. O aumento dos limites foi uma articulação do presidente do Sistema OCB/GO, Luís Alberto Pereira, junto com o governador Ronaldo Caiado (UB). Com o apoio do Fórum Empresarial e da Federação das Cooperativas do Centro-Oeste e Tocantins (Fecoop CO/TO).

“Essa resolução do Condel, que elevou os limites de financiamento individual e global, beneficia todo o setor produtivo de Goiás e demais Estados do Centro-Oeste e, em especial, as nossas cooperativas do agronegócio. Elas poderão, de agora em diante, ampliar suas operações de produção e armazenagem, o que é muito importante nesse momento de grande desenvolvimento do agronegócio”, ressaltou Luís Alberto Pereira.

“A possibilidade de aumentar o limite de financiamento via FCO deve ampliar os investimentos e a oferta de empregos nas regiões dos projetos aprovados. Estimular o desenvolvimento e crescimento das cooperativas, um dos setores beneficiados, é uma das missões da Secretaria da Retomada, e este ato é mais uma conquista neste sentido”, comentou o membro do Condel e secretário estadual da Retomada, César Moura.

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.