Caged: empregos em Goiás crescem 150% em março

Caged: empregos em Goiás crescem 150% em março

29 de abril de 2022

Em março foram gerados 8,3 mil novos empregos em Goiás, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). É um crescimento de 150% se comparado com o saldo no mesmo mês de 2021. Com isto, o Estado acumula neste ano saldo positivo de 38 mil novos postos de trabalho, liderando este ranking no Centro-Oeste e é sexto nacional, resultado de 226.164 admissões e 188.080 desligamentos.

Foram 75 mil admissões e 66,6 mil desligamentos em Goiás no mês passado. O setor de serviços, fortemente prejudicado durante os dois anos de pandemia, se recupera neste ano em Goiás e liderou a geração de empregos novos no mês passado, com saldo de 3.158 vagas.

Foi seguido pelos setores da construção (1.822 novos empregos), indústria (1.438), agropecuária (1.300) e comércio (637).

Entre os municípios que mais geraram empregos no mês de março, destaque mais uma vez para Goiânia, com 1.762 novas vagas, seguido por Cristalina (1.279), Anápolis (868), Aparecida de Goiânia (768) e Santa Helena de Goiás (595).

Serviços

O setor de serviços tem sido o principal criador de novos postos de trabalho em 2022 no Estado, com 17,9 mil postos criados, seguido pela agropecuária (7,2 mil), construção (5,7 mil), indústria (4,7 mil) e comércio (2,3 mil).

No ranking nacional, no primeiro trimestre deste ano Goiás perde apenas para São Paulo (176.151 empregos), Santa Catarina (64.038), Minas Gerais (62.421), Rio Grande do Sul (56.337) e Paraná (56.225).

O governador Ronaldo Caiado (UB) comemorou os números. “É o ano da retomada. De cada vez mais, abrir espaço para que tenhamos novas indústrias, novas áreas absorvendo a demanda de trabalhadores que no período da pandemia, ou por outros problemas, têm déficit na renda ou estão desempregado”, disse.

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.