Goiás é o 11º maior produtor de peixes no País

Goiás é o 11º maior produtor de peixes no País

8 de março de 2022

No ano passado foram produzidos 29,7 mil toneladas de peixe de cultivo em Goiás, sendo 20,2 mil toneladas de tilápia, 9,2 mil toneladas de peixes nativos e 300 toneladas de outros peixes. Esta produção coloca o Estado como o 11º maior produtor no País, segundo dados da Associação Brasileira da Piscicultura (PeixeBR).

No Brasil, a produção de peixes de cultivo no ano passado fechou em 841 mil toneladas, o que representa um crescimento de 4,7%, quando comparado com o ano anterior. Assim como o registrado em território goiano, a tilápia é o peixe de maior cultivo, representando 63,5% de toda a produção do País.

O pescado também é a preferência dos principais países importadores do produto brasileiro. De todas as vendas internacionais realizadas de peixe pelo Brasil, 88% são de tilápia, com principais destinatários os Estados Unidos (64%); Colômbia (9%); China (8%); e Chile (5%).

Entre os estados que mais exportaram tilápia, Goiás ocupa o sétimo lugar no ranking, com faturamento de US$ 189,8 mil, ficando atrás do Mato Grosso do Sul (US$ 6,7 mi); Paraná (US$ 6,2 mi); Bahia (US$ 2,2 mi); Santa Catarina (US$ 1,3 mi); São Paulo (US$ 1,1 mi); e Ceará (US$ 190,8 mil).

Potencial

O secretário estadual de Indústria, Comércio e Serviços, Joel Sant’Anna, destaca a potencialidade de Goiás para produção de peixes de cultivo. “O Estado possui cadeia produtiva completa e, no ano de 2021, exportou, pela primeira vez, para os Estados Unidos, Catar, China e Emirados Árabes, o que confirma a qualidade e vocação goiana”, afirma.

Investimentos recebidos por Goiás também confirmam a potencialidade goiana para a piscicultura. É o exemplo de Minaçu, que recebeu R$ 30 milhões para implementação de criadouro de peixe de larga escala e frigorífico. A expectativa é de que a produção da empresa chegue em 3 milhões de toneladas de tilápia por ano até 2024 e geração de 185 novos empregos, sendo 155 diretos e 30 indiretos.

Dentre as vantagens de implementar a atividade em território goiano, os sócios proprietários da Super Fish, Cristiane de Oliveira e Roberto de Paula, ressaltam a vocação do município e potencialidade para instalação de criadouros; facilidade com licenças que “em outros estados demoram anos para se concretizar, em Goiás conseguiram em meses”; mão de obra facilitada; e infraestrutura de escoamento.

Além disso, no ano passado, Goiás resgatou o crédito outorgado de 5% para o ICMS interestadual, que na prática reduziu o tributo de 12% para 7%.

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.