Goiás tem recorde na geração de empregos: 107,2 mil novas vagas em 2021

Goiás tem recorde na geração de empregos: 107,2 mil novas vagas em 2021

31 de janeiro de 2022

No ano passado foram gerados 107.215 novos empregos em Goiás, resultado de 750.692 admissões e 643.477 demissões, segundo dados divulgados hoje (31/01) pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia. É o melhor resultado registrado na série histórica do Estado. Para se ter uma ideia, é quatro vezes a mais que o saldo positivo de 2020, primeiro ano da pandemia da Covid-19 e das restrições para as atividades econômicas no Estado, quando foram gerados 26,2 mil postos no Estado.

O recorde anterior na geração de empregos em Goiás foi registrado em 2011, quando foram criados 87,9 mil novos postos de trabalho no acumulado daquele ano, segundo dados do Caged. No ano passado, o setor de serviços foi o que mais gerou empregos, com saldo positivo de 44.795 vagas, seguido pelo comércio (27.334), indústria (20.219), construção (8.492) e agropecuária (6.375).

O resultado em 2021 poderia ter sido até melhor, não fosse o saldo negativo registrado em dezembro, com a eliminação de 6.431 vagas no mercado de trabalho goiano, resultado de 52.663 admissões e 59.094 demissões. Foi o único mês com saldo negativo no Estado em todo o ano e sinaliza a retração econômica que o País tem enfrentado, após a forte recuperação no primeiro semestre de 2021.

Entre os Estados e o Distrito Federal, apenas Paraíba e Alagoas, não tiveram resultados negativos em dezembro. No mês de dezembro, o saldo de empregos no Brasil foi negativo com a extinção de 265.811 postos de trabalho. No acumulado do ano, o País teve saldo positivo de 2.730.597 novos empregos.

Ranking nacional

Apesar do recorde na geração de novos empregos em 2021, Goiás caiu no ranking nacional. No ano passado ocupou a oitava posição entre os Estados que mais geraram postos de trabalho – e primeiro da Região Centro-Oeste. Em 2011, ano que registrava o maior recorde até então, Goiás foi o sétimo Estado do País a mais gerar empregos no ano. É a mesma posição no ranking nacional dos anos de 2018 (com 26,2 mil novos empregos) e 2019 (21,5 mil novas vagas). Em 2020, apesar da pandemia, Goiás registrou praticamente o mesmo saldo positivo de 2018 (26,2 mil), mas ficou em quinto lugar no País.

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.