Melhores cidades goianas para investir em negócios

Melhores cidades goianas para investir em negócios

19 de novembro de 2021

Aparecida de Goiânia está entre os melhores municípios para se fazer negócios

Goiânia, Anápolis, Aparecida de Goiânia, Catalão e Rio Verde são os municípios goianos destaques neste ano no ranking das Melhores Cidades para Fazer Negócios, divulgado nesta sexta-feira (19/11) pela Urban Systems. O estudo analisa municípios com mais de 100.000 habitantes em seis eixos econômicos: comércio, serviço, indústria, mercado imobiliário, educação e agropecuária, levando em consideração infraestrutura de saneamento, transportes, mobilidade urbana, logística e telecomunicações. Este ano foi incluído também um novo indicador: o índice de vacinação das cidades brasileiras, considerando o percentual do total da população “totalmente” imunizada, ou seja, com a segunda dose ou dose única aplicada.

No quesito Educação, Goiânia ficou em 20º lugar no ranking entre os 100 melhores municípios brasileiros. Os outros municípios goianos que melhor se destacaram neste ranking nacional foram: Luziânia (39º), Aparecida de Goiânia (44º), Anápolis (68º), Águas Lindas (81º) e Trindade (85º). No indicador comércio, Goiânia ficou em 15º lugar no ranking nacional, seguido por Catalão (49º), Aparecida de Goiânia (69º) e Anápolis (91º).

Entre as melhores cidades brasileiras para se fazer negócios no setor da agropecuária, destaque para o interior goiano: Rio Verde (36º no ranking nacional), Catalão (53º), Anápolis (56º) e Formosa (96º). Já no setor imobiliário, os maiores municípios goianos se destacam: Goiânia (6º geral), Aparecida (79º), Anápolis (84º) e Catalão (92º). No setor de serviços, apenas a capital se destaca no ranking nacional, com 19º lugar. Curiosamente, para se fazer negócios na área industrial, somente Catalão aparece entre os 100 melhores municípios brasileiros, no 63º lugar.

Vacinação

Os dados mostram que os municípios brasileiros e goianos com maior incidência de vacinação, conseguiram de forma mais segura retomar atividades econômicas e recuperar empregos e negócios. Assim, os resultados da edição 2021 teve a adição de dois novos indicadores: o percentual de população total vacinada em 15 de outubro de 2021 e o percentual de empregos gerados na construção civil, este último específico para o setor econômico da construção civil, um dos seis analisados, e único em que este indicador não era considerado na edição passada do estudo.

Por meio de dados e indicadores, baseado em metodologia própria, a Urban Systems afirma que o estudo pode ser um importante instrumento para o diagnóstico de empresários e investidores em relação ao destino de seus investimentos. “Os estudos consideram a dimensão ampliada do olhar de negócios, elevando o município como o protagonista do desenvolvimento econômico e identificando as oportunidades com potencial para ampliar o desenvolvimento econômico das cidades”, diz Willian Rigon, diretor de marketing da Urban Systems.

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.