LG lugar de gente pede registro para oferta de ações na Bolsa

LG lugar de gente pede registro para oferta de ações na Bolsa

11 de fevereiro de 2021

Daniela Mendonça: “Apesar de já possuir uma posição consolidada nesse setor, acreditamos que ainda há espaço para crescimento”

Depois do sucesso do IPO da Jalles Machado na B3, outra empresa goiana, LG lugar de gente (antiga LG Informática), líder brasileira em soluções de tecnologia para recursos humanos, também vai buscar recursos no mercado de capitais. A companhia, com sede em Aparecida de Goiânia (Goiás) protocolou registro formal de sua oferta inicial de ações (IPO) na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Segundo o prospecto preliminar, a LG pretende utilizar os recursos captados na oferta primária para realizar pesquisas e investir no desenvolvimento da companhia, aquisições de outras empresas e fintechs, aportes no setor de marketing, reforçar capital de giro e oferecer subsídios para migração da base on-premisses para Saas.

A estreia na Bolsa de Valores será coordenada pelo Itaú BBA, que será acompanhado pelo UBS-BB e BTG Pactual. Haverá tanto oferta primária, com novas ações sendo emitidas pela LG, quanto uma secundária, com sócios vendendo partes de suas fatias na empresa: fundo Mont Blanc Brasil, Daniela Reis Teixeira Mendonça, Mônica Nascimento Cunha e Gustavo Reis Teixeira.

A quantidade total de ações ofertadas, ainda não definida, poderá ser acrescida em um lote suplementar de até 15% da quantia inicial, a depender da precificação inicial e do interesse da própria companhia ou dos acionistas vendedores. Os papéis serão destinados tanto a pessoas físicas quanto a investidores institucionais.

No ano passado, a empresa teve receita operacional líquida de R$ 116,2 milhões, alta de 6,16% em relação a 2019, com a margem Ebitda subindo um ponto percentual, para 23%.

Crescimento

Fundada em 1985 na esteira da Lei de Informática, que reservava a empresas brasileiras a produção e venda de computadores no país, a LG surgiu com foco em revenda desses equipamentos. O início na produção de softwares foi com um programa para contabilidade. Na virada para a década de 1990, veio o primeiro grande salto. O Windows começava a chegar ao mercado. “Tivemos acesso a essa tecnologia em primeira mão. Muitos nos chamaram de loucos, mas apostamos na Microsoft e deu certo”, lembrou Daniela Mendonça, ex-presidente e agora somente integrante do conselho de administração da LG lugar de gente, em entrevista ao EMPREENDER EM GOIÁS em agosto de 2019. Com a chegada da gestora americana H.I.G. Capital em 2013, a empresa ingressou numa rota de crescimento também apoiada por aquisições. Hoje, a LG é a maior do país em tecnologia para gestão de recursos humanos.

“Apesar de acreditarmos já possuir uma posição consolidada nesse setor, acreditamos que ainda há espaço para crescimento, uma vez que o mercado brasileiro conta com um total de 37,8 milhões de trabalhadores formais (…) e atendemos apenas 3,9% desses trabalhadores”, afirma a LG no prospecto.

A LG também entrou no ano passado no segmento de produtos financeiros, em parceria com a Paketá Crédito, dentro do objetivo de monetização da base de clientes, formada por empresas com mais de cinco mil funcionários.

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.