Primetek investe R$ 1,5 milhão para voltar ao e-commerce

Primetek investe R$ 1,5 milhão para voltar ao e-commerce

4 de fevereiro de 2021

Rodrigo Jesuíno: “Atendemos o consumidor doméstico, mas nosso forte é o consumidor corporativo”

Depois de uma experiência frustrada em 2003, a Primetek, empresa goiana do ramo de informática, voltou a atuar no e-commerce. A operação está no ar desde a terça-feira (2), com um catálogo de 3 mil itens entre computadores, roteadores, placas de vídeo, telefones celulares, impressoras e vários periféricos. “Atendemos o consumidor doméstico, mas nosso forte é o consumidor corporativo”, afirma o empresário Rodrigo Jesuíno ao EMPREENDER EM GOIÁS. Ele fundou a empresa em 1997, que atualmente conta com 260 funcionários e tem um faturamento anual de R$ 130 milhões.


A decisão de voltar ao e-commerce ocorre em um momento favorável. Segundo dados da Câmara Brasileira da Economia Digital, as vendas on-line cresceram 73% no Brasil, em 2020. Muito disso tem a ver com a pandemia de Covid-19, que manteve lojas físicas fechadas durante parte do ano, além do receio de parte dos clientes de frequentarem locais movimentados mesmo após a liberação das atividades.


Além disso, conforme Rodrigo Jesuíno, a questão técnica também está mais eficiente que há 17 anos, quando a Primetek tentou pela primeira vez o comércio digital. “A logística era complicada, o frete era caro, os impostos eram impeditivos e as plataformas eram muito frágeis em termos de segurança”, explica.


O investimento para construir um sistema confiável e, ao mesmo tempo, amigável para o cliente, foi de R$ 1,5 milhão. O trabalho durou cerca de um ano e meio, entre construção da solução tecnológica, criação da identidade visual e preparação para campanhas de marketing. Foram contratadas 15 pessoas, todas especialistas em e-commerce. “É um profissional que não se acha (no mercado). A operação tem de reunir conteúdo e logística”, afirma.


O investimento também foi canalizado para adaptação da central de distribuição, localizada em Goiânia. São 2,5 mil metros quadrados, para atender as 20 lojas físicas e, agora, o on-line. A frota, de quatro veículos, foi reforçada com mais um. O objetivo é entregar encomendas em Goiânia no mesmo dia da compra ou, no máximo, em 48 horas. No interior, onde o foco será nos municípios com mais de 50 mil habitantes, a meta é entregar em até 72 horas.


A Primetek foi fundada em 1997, depois que Rodrigo Jesuino retornou dos Estados Unidos, onde morou por alguns anos. “As empresas estavam se informatizando, mas eram reféns de poucos fornecedores”, lembra. Tudo começou numa modesta loja de 80 metros quadrados na capital goiana. Atualmente, a empresa tem 20 unidades físicas em Goiânia, Aparecida de Goiânia, Rio Verde, Anápolis, Taguatinga, Guará e Brasília.

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.