O Sebrae Goiás deve promover em 2020 pelo menos 20 missões nacionais e internacionais para proporcionar aos empreendedores goianos intercâmbio de conhecimento no universo dos negócios. São missões nos segmentos da beleza, alimentação, construção civil, moda, tecnologia, economia criativa, startups, do agronegócio, turismo e pet shop. As ações serão realizadas no Brasil como em São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Norte, além de países como Portugal, Estados Unidos e Itália (veja quadros). Os empresários goianos já podem se cadastrar por meio do site http://bit.ly/acessoamercados-sebraegoias.

“O intercâmbio proporcionado pelo Sebrae nos auxilia muito, principalmente na ampliação da rede de contatos”, diz Débora Dotto, na foto com o escritor Alfredo Soares

A empresária Débora Dayani Dotto, da cidade de Mineiros, sudoeste goiano, é um exemplo da importância dessa troca de experiências para impulsionar o empreendedorismo. Ela participou em novembro de 2019 da Missão Case, em São Paulo, que a encorajou a ampliar seu negócio para além da fronteira goiana. “Tenho um site de pedido de comida online há um ano e meio.Depois de conhecer os cases de sucesso no evento, tomei coragem e, em apenas 15 dias após voltar de São Paulo, ampliei minha rede de atendimento e abri mais um site na cidade de Santa Fé do Sul, interior de São Paulo”, relata.

“Foi uma experiência única para mim e que proporcionou verdadeiras transformações em meu negócio. Esse intercâmbio proporcionado pelo Sebrae nos auxilia muito, principalmente na ampliação da rede de contatos. Se eu não tivesse ido, talvez não teria a coragem de abrir uma nova filial do meu site”, constata.

Débora e outras dezenas de empresários goianos abraçaram o projeto Missões Empresariais do Sebrae Goiás e participaram de eventos nacionais e internacionais. Pensando na importância dessa troca de experiências e aprimoramento do empreendedorismo, o Sebrae Goiás desenvolve um conjunto de ações de acesso a mercados para estimular a troca de conhecimentos e aprimorar a experiência para os empresários e os pequenos negócios. A instituição subsidia o custo da viagem em até 50% para empresas de micro e pequeno porte, inclusive para o microempreendedor individual – MEI.

Oportunidade

Segundo o analista de acesso a mercado do Sebrae, Vinícios Araújo, o projeto Missões oportuniza a participação de grupos de empresas em caravanas empresariais para eventos de negócios, feiras, empresas ou entidades de outros Estados e até de outros países. “O objetivo é buscar inovação em conhecimentos, acessar novos mercados, identificar fornecedores, clientes, adquirir máquinas e equipamentos e negociar e vender produtos. A intenção do Sebrae nesse incentivo é promover a geração de negócios às micro e pequenas empresas de Goiás”, explica.

Vinícios Araújo: “. A intenção do Sebrae com as missões empresariais e feiras de negócios é promover a geração de negócios às micro e pequenas empresas de Goiás”

O analista ressalta que as viagens nacionais ou internacionais integram e são parte importante das estratégias de negócios atuais, dentro de um contexto competitivo e que exige dinamismo dos empresários e o apoio do Sebrae Goiás para feiras e missões se dá por meio do setor de Desenvolvimento e Acesso à Mercado. “Tais eventos possibilitam contato direto entre aquele que oferece e aquele que procura seu produto ou serviço”, diz.

Tipos de missões

Entre as missões oferecidas pela instituição estão as comerciais, técnicas e internacionais. As missões comerciais são direcionadas a feiras, rodadas de negócios e a outros eventos em que os participantes têm a oportunidade de estabelecer contatos comerciais com potenciais compradores e fornecedores.

As missões técnicas são missões de visita a empresas (in company) ou a centros tecnológicos onde os participantes têm a oportunidade de adquirir novos conhecimentos sobre produtos, processos e tecnologias de domínio do anfitrião. E, por fim, as missões internacionais, que são visitas estruturadas a eventos, países, clusters, territórios, empresas e instituições para obter informações técnico-comerciais, conhecer novos mercados, produtos, processos e tecnologias, dentre outros, com o objetivo de expansão de mercado.


Deixe seu comentário