“Na nossa área não cabe nada feito de forma amadora”, ressalta Evandro Tokarski

Somente nos últimos dois anos, o faturamento anual da Farmácia Artesanal superou a média nacional das marcas de franquia no País. Em 2018, o faturamento cresceu 17,91% em comparação com o ano anterior. Em 2019, o mesmo índice está, até o momento, em 11,42% ante os 7% e 7,10% cravados nos últimos dois anos pelas empresas que comercializam franquias – estes dois últimos percentuais são divulgados pela Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Sem citar cifras, o CEO e fundador da Farmácia Artesanal, Evandro Tokarski, diz ter convicção de que todas as estratégias do projeto de expansão têm dado ótimos resultados e que o crescimento da marca genuinamente goiana, com 38 anos de mercado, não será interrompido nem mesmo por eventuais crises econômicas.

“Na década de 80, quando começamos, enfrentamos uma grave recessão econômica, por conta da crise do petróleo, e depois o chamado Plano Sarney e a hiperinflação. Mas nos fortalecemos. A verdade é que hoje os problemas no cenário econômico podem até fazer com que cresçamos menos. Mas nós estaremos sempre ali, trabalhando duro e de olho nas melhores oportunidades”, resume Tokarski, que cursou Farmácia na Universidade Federal de Goiás (UFG).

Os números comprovam o entusiasmo do farmacêutico. Nos últimos dois anos, a Farmácia Artesanal saltou de 23 unidades franqueadas para 32 – crescimento de 28%. Outras duas estão em fase de montagem e serão inauguradas ainda em 2020. Há também 22 lojas próprias espalhadas pelo estado e a 23ª será aberta em janeiro do ano que vem, no Órion Business e Health Complex, o prédio mais alto de Goiânia com 183 metros que reúne consultórios e clínicas médicas das mais diversas especialidades.

A marca também chegou a mais um Estado: depois de Goiás, Pará, Tocantins e Minas Gerais, foi a vez de Mato Grosso receber uma loja sediada em Barra do Garças. Nos últimos dois anos a empresa conseguiu aumentar sua cartela de produtos fabricados pela própria marca. Eram 34 itens exclusivos; em 2020 serão 60, tão logo sejam concluídos alguns testes e pesquisas. “Nesta área não cabe nada feito de forma amadora”, ressalta Evandro Tokarski, que lembra outro ponto forte da Farmácia Artesanal: “Nós manipulamos fórmulas segundo o que o médico determina para cada cliente. Logo, são medicamentos personalizados no sentido mais literal da palavra. Esta exclusividade faz toda a diferença”, reforça.

Outra estratégia que tem potencializado as vendas, de acordo com o CEO e fundador, é o trabalho feito por 50 representantes comerciais distribuídos pelos cinco Estados em que há franquias da Farmácia Artesanal. “São aproximadamente quatro mil visitas que eles fazem por mês para divulgar nossos produtos junto aos médicos e nutricionistas, entre outros profissionais”, revela.

Ele menciona ainda os esforços recentes feitos em e-commerce. As vendas pela internet foram iniciadas há três anos. Por meio de uma plataforma disponível no site farmaciaartesanal.com o cliente consegue aviar sua receita de forma rápida e prática. “É um investimento que vale muito a pena, ainda que o e-commerce não seja algo que conquiste o cliente imediatamente, de um dia para o outro”, pondera.

Investimentos
Evandro lembra que a abertura de uma unidade franqueada demanda investimentos da ordem de R$ 350 mil, além de uma série de exigências dos órgãos de controle e fiscalização, como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). “Por isso nós valorizamos tanto cada franquia que conquistamos e o empenho dos franqueados. Montar uma Farmácia Artesanal não é algo que se faça em ‘escala industrial’”, afirma Evandro Tokarski.

Neste contexto de valorização, ele menciona ainda o trabalho dos 850 colaboradores, somados os das franquias e os das lojas próprias. Diz que a equipe tem “papel imprescindível” para o sucesso da marca, e que acredita que “boa formação e capacitação” fazem toda a diferença. “Temos hoje profissionais que estão há 35 anos ao nosso lado. Eles se orgulham de fazerem parte deste projeto”, avalia.

A primeira unidade franqueada foi aberta em Palmas (TO), em 2012, quando a Farmácia Artesanal celebrava pouco mais de três décadas de existência – a primeira loja foi aberta em 1981, à Avenida José Alves, no Centro da capital. Evandro havia chegado em Goiânia em 1974 para estudar vindo do Paraná; os pais, Alberto e Almerinda, compraram uma fazenda em São Félix do Araguaia, Mato Grosso. “Me deram todo o apoio que precisei. Lamento não terem acompanhado quando entramos na fase de franquias”, diz, em tom saudosista.

Faltando pouco para completar 40 anos de vida, a Farmácia Artesanal comemora os dois Selos de Excelência em Franchising que recebeu nos anos de 2018 e 2019 da Associação Brasileira de Franchising (ABF), além de diversos outros prêmios. “Sou um otimista nato. Independente da classe política que tanto nos envergonha, este País é formado por gente séria e trabalhadora. Se existe crise, é lá fora. Aqui dentro não trabalhamos pautados por crise de nenhuma espécie”.


Deixe seu comentário