Previsão feita pelo presidente da Abras, João Sanzovo, na abertura da SuperAgos

As vendas dos supermercados brasileiros devem crescer 3% em 2019, segundo previsão do presidente da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), João Sanzovo Neto, em entrevista ao EMPREENDER EM GOIÁS. As perspectivas são boas para o setor, afirma, principalmente por causa da liberação dos recursos do FGTS e do PIS/Pasep, que injetarão recursos na economia.
“O cidadão com mais dinheiro em mãos, passa a consumir mais. Já estamos sentindo uma retomada e isso é um prenúncio de que a economia vai melhorar”, frisa, ao salientar que o maior desafio hoje é o retorno da geração de empregos que leva mais renda às famílias e, por conseguinte, mais consumo. Este panorama foi traçado por João Sanzovo na abertura da 18ª SuperAgos-Convenção e da Feira de Negócios para Supermercados e Panificadoras (SuperAgos2019), no Centro de Convenções de Goiânia.

Promovida pela Associação Goiana de Supermercados (Agos), a feira é considerada principal evento da região Centro-Oeste. “A cada ano a SuperAgos traz novidades ao varejo supermercadista, com a exposição de serviços, produtos, tecnologias, oficinas e palestras”, destaca o presidente da Agos, Gilberto Soares, que prevê a geração de negócios na ordem de R$ 50 milhões, por meio dos 156 estandes e um público de 12 mil pessoas. Também participam da SuperAgos empresas do setor hoteleiro, gastronomia e varejistas em geral.

Novidades
Ao promover o relacionamento entre indústrias, atacadistas, distribuidoras e prestadores de serviços dos setores supermercadista e panificador, o evento oferece muitas novidades aos empresários regionais e nacionais. A goiana Dusol Engenharia apresenta o sistema de energia solar fotovoltaica, que pode reduzir as contas de energia em até 95%, ressalta Jilson Brasil, sócio proprietário da empresa, que já atende sete lojas em Goiânia e uma no município goiano de Israelândia. O custo para implantar o sistema é variável, mas a média é de R$ 120 mil, para uma conta de energia estimada em R$ 5 mil/mês.

Novidades alimentícias são apresentadas pela Alca Foods, instalada em Itumbiara. A indústria traz para a feira achocolatados com menos açúcar e mais cacau, barras de cereais e proteicas. O Grupo Refrimate, do Rio Grande do Sul, que tem mais de 20 anos de mercado, prevê realizar negócios com a apresentação da marca Nacional Frio, uma linha de equipamentos para supermercados de médio e grande portes. A novidade fica por conta das vitrines para padarias, que dão maior visibilidade aos produtos, pois constam de maior volume de vidros na estrutura.

“Trouxemos também a linha madeira e expositores verticais com motores acoplados com a tecnologia inverter, que contribui para menor consumo de energia e maior desempenho”, explica o gestor da marca, Márcio Bergmann.


Deixe seu comentário