Com mais de 15 anos de história na gastronomia goiana, o Kabanas Restaurante e Bar fechou ontem (17/09) as portas de sua unidade do Setor Bueno, localizado de frente para o Parque Vaca Brava, onde por muitos anos reinou como o único ponto de alta gastronomia da Região. Todos os 40 funcionários perderam seus empregos. Agora, os proprietários Bolivar Gonçalves Siqueira e o seu filho, Ricardo, vão dedicar suas atividades exclusivamente à unidade do Kabanas localizada no polo gastronômico do Shoppping Flamboyant, no Jardim Goiás.

Bolivar Siqueira contou ao EMPREENDER EM GOIÁS que a decisão de fechar a unidade do Vaca Brava foi muito difícil para a família. Ele tinha duas opções: investir mais de R$ 1 milhão na reforma do restaurante/bar, para se adequar à realidade e se manter competitivo no mercado, ou concentrar as atividades na unidade do Flamboyant, que é nova (tem cinco anos) e não exige necessidades de reformas. “O coração sente, mas a razão explica”, disse.

Desde o começo, afirma o empresário, foram feitas adaptações no imóvel onde funcionava o Kabanas do Vaca Brava. No local existia uma casa de madeira, onde tradicionalmente funcionava a casa do Papai Noel nas vésperas do Natal. Contudo, afirma Bolívar, agora chegou a um ponto que não era mais possível pequenas reformas. Teria de ser algo bem maior. Porém, justifica, “isso era impossível, pois a situação financeira da unidade estava deficitária”, frisou.

Recuperação
Em 2016, O Kabanas Restaurante e Bar entrou com pedido de recuperação judicial, o que foi acatado pela Justiça, que inclusive nomeou um administrador jurídico para a empresa. Na ocasião, chegou a ser divulgado, pelos meios de comunicação da capital, que a dívida da empresa com bancos e fornecedores ultrapassava a R$ 10 milhões.

Siqueira informou que se reuniu nesta quarta-feira (18/09) com o administrador jurídico da empresa para tratarem do fechamento da unidade do Vaca Brava e que ele teria sido favorável à decisão, sobretudo porque entende que a economia brasileira ainda não saiu da crise. “Agora vamos nos dedicar totalmente ao Kabanas do Flamboyant, garantindo o mesmo padrão de qualidade nos serviços que sempre nos pautou”, enfatizou o empresário.


Deixe seu comentário

1 comment

  1. Jaime canedo Responder

    Triste acontecimento. Kabanas era uma referência em Goiânia. A situação do Brasil não anima o investidor correr riscos e sofrer sozinho quando a administração não dá o resultado esperado .infelizmente muitos empresários demoram muito a tomar decisões gerenciais. Deixam que a emocao fale mais alto….