Começará nesta quarta-feira (dia 4) pela primeira vez em Goiânia um dos maiores festivais de inovação, ciência, criatividade, empreendedorismo e universo digital do mundo: a Campus Party irá reunir cerca de 40 mil pessoas envolvidas com tecnologia e cultura digital. Durante os 5 dias de evento, milhares de pessoas se unem em torno de uma extensa programação para aprender, ensinar e colaborar, com um olhar multidisciplinar. O Sebrae Goiás, junto com o governo do Estado e Serviço o Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), são realizadores do evento.

O evento está dividido em duas grandes áreas de conteúdo e exposição, a Arena e a Open Campus. A Arena é a área paga do evento, com Workshops, Hackathons, setores para Gamers, Developers e Creators, além das palestras e painéis que acontecem nos diversos palcos do evento. A Área Open é a área gratuita, com Startup & Makers, Campus Future, Educação do Futuro, Roboticampus, Drones e Simuladores, além de palestras e sessões de conteúdo.

Camping é outra área paga do evento e reservada para as pessoas que compraram ingresso com acampamento. Barracas, duchas, e um espaço wellness para cuidados com a saúde e bem-estar ficam à disposição, além da padaria No Céu Tem Pão. Será a primeira vez que o evento é realizado dentro de um shopping (o Shopping Passeio das Águas), com toda a estrutura de banheiros, lojas, hipermercado, entre outras utilidades, além de maior segurança para milhares de participantes.

“O objetivo é criar um ambiente democrático de discussões, capacitações e experimentação, proporcionando um ambiente ideal para conectar pessoas e projetos inovadores de diferentes segmentos e incentivar a criação de novos projetos, fomentando todo o ecossistema empreendedor e de tecnologias”, afirma a gerente executiva de atendimento do Sebrae Goiás, Camilla Carvalho Costa.

O evento atrai um público bastante diversificado, com concentração em estudantes, profissionais, startups e empresas de tecnologia, e empresas de vários segmentos da economia. Menores de 18 anos precisam de uma autorização especial para participar da Arena, mas é livre a participação na área Open. Segundo Camilla Carvalho Costa, a vinda de um evento desse porte serve como um catalizador de boas ideias e projetos, além de disseminar centenas de horas de conteúdo para os participantes.

O Sebrae irá disponibilizar sua equipe de técnicos, instrutores e consultores que realizará atendimentos pontuais, palestras de orientação sobre como realizar uma gestão de sucesso. Os participantes poderão conferir diversas experiências, por meio de jogos, além de uma série de chamadas temáticas sobre empreendedorismo e cultura empreendedora, mini palestras, e da programação de cursos on line.

De acordo com diretor-superintendente do Sebrae Goiás, Derly Fialho a Campus Party é uma imersão de pessoas que utilizam das mais diversas tecnologias para mudar o mundo. “Esta é a pegada deste movimento que expande de forma exponencial a cada ano”, diz. Derly destaca que a programação diversa é focada em conhecimento e conteúdos para que os campuseiros possam experimentar, conectar, transformar e criar seus projetos de base tecnológica e que tenham aderência à cultura empreendedora.

Superintendente do Senar, Dirceu Borges afirma que o setor do agro irá contar com programação específica. “O Senar e a Faeg foram convidadas para participar como corealizadora da Campus Party. A inovação e a tecnologia é um dos focos da instituição e não poderíamos ficar de fora do maior evento de tecnologia do mundo. As agritechs estarão presentes no evento e iremos levar nosso portfólio e palestras para levar mais informações ao público do agro, além de levar soluções aos produtores rurais”, afirma.


Deixe seu comentário