Goiânia lidera alta do preço do m² no País

Goiânia lidera alta do preço do m² no País

19 de março de 2019

Goiânia registrou o maior aumento nominal – de 4,04% – do preço médio do metro quadrado de apartamentos prontos para morar entre 50 grandes cidades pesquisadas pelo Índice FipeZap de Venda Residencial, nos últimos 12 meses. Foi a única Capital a superar a inflação registrada pelo IPCA no período (3,89%), embora o valor médio do metro quadrado continue sendo o segundo menor do País, de R$ 4.254,00, atrás apenas de Campo Grande – MS (R$ 4.065,00).

Roberto Elias: houve recuperação dos preços médios dos imóveis nos últimos 12 meses

O presidente da Associação das Empesas do Mercado Imobiliário de Goiás (Ademi-GO), Roberto Elias Fernandes, confirma o reajuste médio de 4,04% dos preços do metro quadrado de apartamento e casas em condomínios fechados em Goiânia, mas lembra que desde janeiro de 2015 os preços médios estavam em baixa e nos últimos 12 meses ocorreu apenas uma recuperação do valor.

Ele justifica que os custos operacionais das empresas estão subindo acima da inflação e, por outro lado, há investimentos na melhoria da qualidade dos imóveis, beneficiando os compradores. “Estes dois fatores pesam na composição do preço final”, afirma Roberto Elias.

A diretoria da Ademi-GO aposta na recuperação do mercado imobiliário, salientando que os últimos lançamentos de empreendimentos foram sucessos de vendas, o que confirma a expectativa do setor de aumento de 30% nas vendas este ano, na comparação com igual período do ano passado.
O diretor da URBS Imobiliária, José Humberto Carvalho, que acumula 26 anos de atuação no mercado imobiliário de Goiás, tem a mesma opinião.

Diretor da URBS Imobiliária, José Humberto Carvalho: a valorização imobiliária deve ser ainda mais longínqua e mais intensa nos próximos meses

Para ele, a perspectiva de valorização imobiliária na capital deve ser ainda mais longínqua e mais intensa nos próximos meses. “O preço do metro quadrado em Goiânia é muito bom, favorece quem quer comprar e também quem é investidor. Aliás, acredito que o investidor pode, inclusive, ter um ganho com esse preço, que nós chamamos de preço de oportunidade, porque a médio prazo ele vai aumentar”, avalia.

FIQUE DE OLHO

Preço médio do m² de imóveis em Goiânia: R$ 4.254,00
Reajuste médio do preço do m² em fevereiro: 0,94%
Reajuste do preço do m² no acumulado do ano: 1,65%
Reajuste do preço do m² no acumulado de 12 meses: 4,04%
Fonte: FipeZap

 

MARISTA TEM O PREÇO MÉDIO MAIS ALTO 

De acordo com levantamento da FipeZap, no ano passado, em Goiânia tinha uma população de 1,49 milhão de habitantes e um total de 513 mil domicílios, dos quais mil eram apartamentos. Em fevereiro último, o metro quadrado mais caro na Capital era no setor Marista, de R$ 5.756,00, seguido dos setores Sul (R$ 5.435,00), Santo Antônio (R$ 5.336,00), Jardim Goiás (R$ 5.172,00) e Bairro Feliz (R$ 5.071,00). Já o valor mais barato foi registrado no Setor Urias Magalhães: R$ 2.463,00.

A pesquisa apurou ainda que, em fevereiro, a cidade do Rio de Janeiro se manteve com o metro quadrado mais caro do País (R$ 9.481,00). Em segundo lugar está São Paulo (R$ 8.862,00), seguida de Brasília (R$ 7.367,00).

O Índice FipeZap de Vendas Residenciais, que acompanha o preço médio do metro quadrado de apartamentos prontos em 50 cidades brasileiras, mostrou que, no mês passado, o valor médio de venda de imóveis residenciais foi de R$ 7.189,00 o metro quadrado, registrando ligeira alta face ao mês anterior, com variação de +0,08%. Nos últimos 12 meses, o valor teve alta nominal de 0,07%, resultado que mantém os valores próximos da estabilidade no período.

No acumulado do ano, o preço médio de venda no Brasil cresceu 0,21%. Já em Goiânia chegou a 1,65%. Considerando a inflação acumulada no período (0,67%) pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA/IBGE), houve uma queda real de 0,46% no preço médio do metro quadrado nas 50 grandes cidades pesquisadas.

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.