Cesar Helou: “Todos se sentem donos da Piracanjuba”

Cesar Helou: “Todos se sentem donos da Piracanjuba”

12 de junho de 2017

Quais os segredos de uma empresa que fatura R$ 3 bilhões por ano? O empresário Cesar Helou, presidente do grupo goiano Laticínios Bela Vista (Piracanjuba), conta neste depoimento como chegar lá. Inspire-se!

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.

11 thoughts on “Cesar Helou: “Todos se sentem donos da Piracanjuba””

  1. Avatar Roger Teles disse:

    Conheço Cesar a muito tempo trabalhei com eles são grande empredendor isso tudo que ele falou a mais pura verdade

  2. Avatar Wellington Marques disse:

    É pura verdade… contagiante no bom sentido. Nos sentimos mesmo donos responsáveis pelo desempenho da empresa.

  3. Avatar Daniela disse:

    Como admiro esses dois!
    A humildade e sinceridade deles surpreende as expectativas. Sábias palavras: os colaboradores que ajudam a empresa caminhar, no entanto, sendo valorizados e reconhecidos, com certeza vai fazer o melhor sempre. Parabéns Dr.Cesar e Marcos Helou.

  4. Avatar Pauli Cesar Eiras disse:

    Parabenizo a história da Família Helou, dizer que são pessoas que muitos devem se espelhar. Agradeço por está aprendendo muito nesses 03 anos prestando serviço de vendas no estado do RJ.

  5. Avatar Levi disse:

    Eu que vim do RJ, aprendi aqui que Pirancanjuba não é somente o nome do leite sem lactose.

    No RJ, é muito comprado pelos consumidores.

    PI RA CAN JU BA

  6. Sou de Hidrolândia, Goiás, cidade vizinha à Bela Vista e por aqui temos a Marajoara (Indústria de Laticínios). Gostaria que eles se guiassem pelo exemplo do “Piracanjuba” e que não fossem tão predadores / degradadores. Precisamos dos empregos, dos impostos e da visibilidade oferecida por empresas de tal porte, mas, NÃO desejamos o que temos recebido: contaminação do ar e de nossas águas (Ribeirão Grimpas, que corta a cidade e que sacia a cede de animais comerciais e silvestres tem sido degradado pelos despejos in natura de resíduos da produção e por resíduos da limpeza/conservação). Não desejo que a empresa se vá, nem tão pouco que ela seja duramente penalizada pelos órgãos fiscalizadores, mas, que ela se adeque às legislações e que se aproxime mais da comunidade local, seja valorizando os trabalhadores locais, seja respeitando sua vizinhança, seja respeitando os produtores/proprietários da bacia do Grimpas etc. Os cidadãos hidrolandenses GOSTARIAM de se orgulhar da Marajoara tal qual acontece em Bela Vista de Goiás. Sou Gestor Ambiental e proprietário de terras rurais às margens do Grimpas – região da ARIE / Pirenus, no encontro das águas do Grimpas e São Germano – e sonho com dias melhores, bem melhores que os atuais.

  7. Avatar Wellington Santana disse:

    Ola! Realmente fiquei admirado pela história dessa empresa que cresce a cada ano principalmente pela honra aos funcionário. Parabéns ao Sr. Presidente Cesar Helou e que vocês possam continuar com essa trajetória de sucesso.

  8. Avatar Vicente Rodrigues leite disse:

    Sr Cesar sou da região do Matoso e estamos sem água por causa do plantio sem cuidado encima das nascentes e como diz no vídeo faça certo lá na fazenda tá tudo errado mataram muitas nascentes espero que o ser tenha consciência do mal que está causando com aquele plantio pois seu gerente Edilson não resolve o problema que é e está ficando pior pense nos seus descendentes e não apenas no lucro suas árvores estão secando as nascentes

  9. Avatar OBEDE DIAS FREIRE disse:

    César, não consumo derivados de leite. É verdade que a indústria do leite e seus derivados , vem da crueldade. com os animais recém nascido? Pode me responder . Muitos estão abandonando os produtos de lato cínicos por essa razão. Que vc me diz? Obrigada
    Abraços.

  10. Avatar Renê dos Santos Candeia disse:

    Assunto: Gestão de Pessoas
    Um dos principais fatores de desempenho de um funcionário no campo de trabalho está relacionado no quanto à empresa o valoriza. A lucratividade e qualidade podem melhorar à medida que os funcionários se considerem valorizados, afinal de contas o empregado deve se sentir como patrimônio de uma empresa.
    Na relação empregado(a) empregador precisa haver um estreitamento de seus vínculos, não apenas falando em questão financeira, mas numa aproximação onde o empregador se preocupe com a vida do funcionário como um todo. É necessário criar ações que possibilitam ajuda aos funcionários sejam elas de cunho profissionais, emocionais, psicológicos, sociais, relacionais. É possível fazer parcerias com órgãos municipais, estaduais, na construção deste projeto para manter o funcionário ajustado a cada dia aos padrões que levem a empresa a um numero de satisfatório seja por parte dele, como também da empresa.
    Benjamim Franklin disse: “A felicidade humana é produzida menos pelos momentos de grande ventura que raramente acontecem e mais pelas pequenas vantagens que se oferecem a cada dia”. Pessoas motivadas e competentes, pessoas que vestem a camisa de uma empresa são aquelas valorizadas.
    Renê, morador Bela Vista-GO

  11. Avatar Vânia Prado disse:

    Gostaria de saber se a Piracanjuba comprou a provincia leite moca
    Pois nos usamos muito o leite moca provincia na nossa produção e estamos parados.