Anangela Rosa de Castro Carneiro com o pai, Américo Carneiro Martins: “Queremos mostrar com a nova loja que temos produtos para todas as tribos”

Referência em moda country em Goiás, a Casa do Rodeio inaugura em março uma loja exclusiva em botas. Serão mais de 3 mil pares de botas para todos os gostos e estilos, expostos em sistema de autoatendimento. Batizada de A Loja da Bota, a unidade consumirá investimento de cerca de R$ 900 mil e estará ao lado da Casa do Rodeio, na Avenida Castelo Branco, em Campinas, mais antigo bairro da capital.

“Queremos mostrar com a nova loja que temos produtos para todo mundo, para todas as tribos e não só para o universo sertanejo”, diz Anangela Rosa de Castro Carneiro, gerente comercial da Casa do Rodeio. A Loja da Bota terá botas, botinas, coturnos e alguns acessórios, como cintos e produtos para tratamento do couro dos calçados. “Com tudo exposto, o cliente poderá escolher e provar sozinho o que desejar. Haverá sete funcionários que atuarão apenas como consultores da venda”, diz Anangela.
Com a nova loja, o mix de produtos da Casa de Rodeio também muda. Saem todas as botas para a nova unidade da empresa (com exceção das botas infantis) e amplia-se o espaço para o vestuário, equipamentos, chapelaria, selaria e presentes. Outra estratégia que será incrementada na Casa do Rodeio a partir da Loja da Bota é investir mais na marca própria da empresa, a RDO, cujos produtos em bota e roupas são líderes de vendas. Ampliar a participação da marca própria no atacado e melhorar os canais de venda online no varejo também está nos planos.

Segundo Anangela Castro, além da marca própria, a Casa do Rodeio trabalha com quatro marcas premium em botas e vestuário: Wrangler, Tassa, Smith Brothers e Radade, marca voltada para o público de rodeio, incluindo itens para profissionais do setor. “Com a inauguração da Loja da Bota, nossa intenção é ampliar aqui [na Casa do Rodeio] esse mix, incrementando mais a nossa marca e tematizar a loja, reforçando a cultura e tradição do nosso negócio, atraindo também um público não ligado ao universo country”, comenta.

Da Casa do Peão à Casa do Rodeio
Negócio familiar fundado em 1974 em Goiânia, a Casa do Rodeio começou produzindo botas em oficina própria criada pelo avô de Anangela, José de Castro Filho. Natural de Morrinhos, Castro Filho começou lá seu negócio, vindo de uma tradição familiar na manufatura em couro (fabricação de botas e selas). Dessa expertise nasceu a Sapataria Universal, ainda em Morrinhos, nos anos 60.
Visionário, conta Anangela, o avô viu o início das obras da construção da BR 153, que ligaria o Sul do Estado à então novata capital, fundada em 1942. Mudou-se com a família para Goiânia em 1971 e três anos depois, com o fim de uma malsucedida sociedade na então Casa do Peão, Castro Filho inaugura sua Casa do Rodeio, primeiro na Avenida Anhanguera e depois na atual sede, em Campinas.

“A sociedade na Casa do Peão acabou não dando certo em função do desinteresse do sócio em fabricar as botas, coisa de que meu pai não abria mão”, recorda-se Lúcia Maria de Castro Carneiro, mãe de Anangela e única dos filhos de José de Castro que entrou no negócio, e hoje o comanda com a filha e o marido Américo Carneiro Martins.

O negócio foi sendo ampliado até o início dos anos 2000, com abertura de filial em Cuiabá e unidades pelos principais shoppings da capital. Em 2003, com a reestruturação societária da empresa, a Casa do Rodeio seguiu apenas com a sede atual, de onde retoma agora seus investimentos para ampliação do negócio.

A empresa já não fabrica mais suas botas. Desde o final da década de 90, terceiriza para fornecedores em Franca (SP) e Vale dos Sinos (RS). O mix de vestuário ampliou-se consideravelmente, mas a loja ainda vende produtos de selaria, uma tradição que resiste na manufatura, conta Anangela.
Os cerca de 23 mil itens da Casa do Rodeio chegam hoje às diferentes regiões de Goiás e também ao Mato Grosso, Tocantins, Pará e Maranhão. Atende a um público majoritariamente ligado ao campo, coisa que Anangela acredita que começará a mudar mais rapidamente com a inauguração da Loja da Bota.


Deixe seu comentário