• Vendas de veículos caem 18% em março no Estado

    Afetadas pela pandemia do novo coronavírus, as vendas de automóveis e comerciais leves registraram queda de 18% em relação a fevereiro em Goiás, de acordo com informações do Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos Automotores de Goiás (Sincodive-GO). Foram 5.892 unidades vendidas no mês passado ante 7.166 em fevereiro deste ano. Mesmo assim, as...

  • Caiado prorroga quarentena e frustra setor produtivo goiano

    Edwal Portilho: “Como fica? É preciso conversar muito, governo, setor produtivo e os outros poderes” Frustração. Esse é o sentimento que resume como o setor produtivo recebeu o decreto 9.645/2020, assinado pelo governador Ronaldo Caiado e publicado nesta sexta-feira (3) no Diário Oficial do Estado, prorrogando o período de quarentena devido à epidemia de Covid-19....

  • Goiânia Pede Pelo Zap quer ajudar pequenos negócios

    Emerson Tokarski: ““A ideia é chegar na ponta, nos bairros, para conectar padarias, prestadoresde serviço, o açougue da esquina aos compradores” Em tempos de isolamento social, causado pela pandemia de Covid-19, brotam pelo Brasil iniciativas para ajudar os empreendedores, especialmente os menores, a manterem suas atividades. Uma delas acaba de chegar à capital goiana: o...

  • CDL: lojistas querem reabrir, mas de forma gradativa

    Enquete por amostragem realizada junto aos associados da Câmara de Dirigentes Lojistas de Goiânia (CDL) mostra que 53,1% dos empresários preferem que a abertura do comércio aconteça de forma gradativa (com escalonamento). Outros 36,1% disseram ser melhor abrir todo o comércio, enquanto 10,8%, querem manter as lojas fechadas. Amostragem revela ainda que a grande maioria...

  • Governo deve manter por mais tempo a quarentena em Goiás

    É praticamente certo que o governador Ronaldo Caiado deve anunciar até amanhã (03/04) a prorrogação do seu decreto com medidas restritivas para fluxo de pessoas e abertura de empresas em Goiás, no objetivo de combater a propagação do novo coronavírus (Covid-19) no Estado. O atual decreto, publicado em 13 de março, vigora até este sábado...

  • Oito em cada dez indústrias goianas diminuíram a produção

    Duas semanas após a paralisação de parte das atividades econômicas em Goiás, como medida de combate à pandemia de Covid-19, 73,5% das indústrias goianas relatam queda na demanda e 84,8% diminuíram a produção. Os dados fazem parte de sondagem realizada pela Federação das Indústrias de Goiás (Fieg) junto a empresários do setor e divulgada nesta...

  • Enel faturou R$ 8,2 bilhões em 2019 no Estado

    A multinacional italiana Enel teve receita líquida de R$ 8,2 bilhões no ano passado em Goiás com a geração, a distribuição e a venda de energia elétrica em Goiás. Com a Enel Goiás (antiga Celg D privatizada em 2017), a receita líquida cresceu 11%, para R$ 6,023 bilhões. Com a Usina Hidrelétrica Cacheira Dourada (privatizada...

  • Mabel: “Estamos sem rumo. É preciso dar esperança”

    O presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), Sandro Mabel, disse ao EMPREENDER EM GOIÁS que o setor produtivo não suporta ficar nem mais uma semana com as portas fechadas e reclama da falta de planejamento por parte do Governo, que não sinaliza sobre a possibilidade de reabertura das indústrias e do...

  • Mais da metade das indústrias registra forte queda na demanda

    A pandemia do novo coronavírus causou uma queda na demanda por produtos e serviços para 79% das empresas, sendo que 53% relata queda intensa, mostra consulta realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) na base do setor. Uma parcela de 5% registra aumento da demanda e 2%, aumento intenso. A consulta foi realizada com 734...

  • Teuto tem forte incremento nas vendas e no lucro

    A receita líquida do Laboratório Teuto Brasileiro cresceu 25,8% no ano passado, para R$ 966 milhões, segundo balanço fiscal publicado pela indústria de medicamentos genéricos, sediada no Distrito Agroindustrial de Anápolis (DAIA). Entretanto, o aumento mais expressivo foi no lucro líquido da empresa: de R$ 12,2 milhões (2018) para R$ 106,9 milhões (2019). O Laboratório...