Alugar ou comprar carro: qual é a melhor opção?

Alugar ou comprar carro: qual é a melhor opção?

5 de agosto de 2022

Ângelo Miguel: “Pago cerca de R$ 4 mil mensais por dois veículos, mas não tenho nenhuma outra despesa a não ser combustível”

Aproximadamente 65% da frota das locadoras goianas está voltada para o aluguel de carros de longa duração para empresas, incluindo a modalidade de assinatura, conforme dados da Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (ABLA). No entanto, apenas 30% dos contratos de aluguéis são de pequenas empresas, revela o diretor regional da ABLA, Adriano Donzelli, ao considerar uma resistência cultural a este comportamento.

“O que acontece é uma demanda pontual. Geralmente, os próprios colaboradores usam seus carros e as empresas alugam para alguma demanda, por exemplo, algum projeto específico”, afirma.

Mas, as empresas que precisam de frota para prestar seus serviços ficam na dúvida entre alugar ou financiar a compra de veículos. Para o economista Filipe Cardoso, em alguns segmentos é possível economizar até 30% com frotas alugadas. Contudo, empresas goianas ainda têm resistência em contratar esse tipo de serviço.

Em números gerais, alugar poupa alguns gastos quanto a manutenção e, principalmente, com a depreciação no valor de revenda, além do não pagamento de IPVA, licenciamento, seguros e outros serviços. Em empresas pequenas, pondera, talvez essa economia possa não ser observada, mas quando a escala aumenta, alugar é um comportamento natural.

“Há ainda de se considerar que muito destes ganhos com aluguel, como o não comprometimento do crédito, vantagens tributárias, ganhos de imagem, não ociosidade da frota, frota reserva, entre outros, não afetam diretamente o fluxo de caixa da pequena empresa no curto prazo e por isso a dificuldade de enxergar tantas vantagens”, complementa Adriano.

Poupar gastos

“Nas grandes companhias, quase a totalidade tem a frota alugada, inclusive de veículos maiores, poupando gastos com impostos inerentes aos veículos e manutenção, além da defasagem da frota. Esses contratos são pré-estabelecidos a longo prazo, o que melhora ainda mais o valor do acordo de aluguel”, explica Filipe Cardoso.

Em contrato de aluguel de 2 anos, o valor médio por veículo pode variar de R$ 2 mil a R$ 2.500,00. O economista, que é especialista em logística empresarial, alerta que apenas de manutenção, no caso de uma frota usada, pode chegar à R$ 5 mil por carro.

O empresário Ângelo Miguel, dono do Pet Shop Doutor Amicão, apesar de possuir uma pequena empresa aluga dois veículos para transporte de animais. “Pago cerca de R$ 4 mil mensais, mas não tenho nenhuma outra despesa a não ser combustível. Inclusive, na semana passada, um veículo estragou e prontamente me deram um carro reserva. É nessas horas que agradeço por ter alugado”, afirma.

O empresário conta que no passado já enfrentou diversos problemas por conta de manutenção.

Leia também: Locadoras em Goiás compraram mais de 7,6 mil veículos

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.