Goiás gera mais de 76 mil novos empregos neste ano

Goiás gera mais de 76 mil novos empregos neste ano

29 de julho de 2022

De janeiro a junho deste ano, foram criados 76,4 mil novos empregos com carteira assinada em Goiás. É o resultado de 462,1 mil admissões e 385,7 mil desligamentos. Somente no mês passado (junho), o saldo positivo foi de 12,3 mil novos postos. Este resultado coloca o Estado acima da média nacional em todos os comparativos divulgados pelo Caged, do Ministério do Trabalho.

O crescimento de empregos formais em Goiás, no mês passado (junho), foi de 0,9%. No Brasil, a média de crescimento foi de 0,6%. No acumulado do ano, o aumento em Goiás é de 5,8%, comparado com os primeiros seis meses de 2021. No Brasil, o crescimento médio foi de 3,2%. Ao se considerar os últimos 12 meses, a geração de novos empregos no mercado de trabalho goiano apresenta crescimento acumulado de 8,5%, acima da média nacional de 6,6%.

Os setores que mais contrataram neste ano em Goiás foram serviços, comércio, indústria em geral e construção. As empresas de serviços geraram neste ano 30,4 mil novos empregos no Estado, seguidas das que atuam no comércio (18,5 mil novas vagas), na indústria (com 13 mil), construção (8,2 mil) e agropecuária (6,9 mil).

Nacional

Em todo o País, foram criados 277.944 empregos formais (com carteira assinada) no mês de junho, resultado de 1.898.876 de contratações e 1.620.932 desligamentos. Já no acumulado do ano, foi registrado saldo de 1.334.791 empregos, decorrente de 11.633.347 admissões e de 10.298.556 desligamentos (com ajustes até junho de 2022).

Conforme o governo federal, todos os setores tiveram saldo positivo no mês. A área de serviços foi a que mais abriu postos, com 124.534 novos contratos. Depois aparecem comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas com 47.176 novas vagas; indústria geral com 41.517 postos de trabalho; agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura com 34.460 novos empregos e, por último, construção, que registrou 30.257 novas vagas.

Na média nacional, os salários iniciais pagos a quem foi admitido em um novo trabalho no mês de maio foi de R$ 1.922,77.

Saiba mais: Bares e restaurantes goianos criaram 2,6 mil empregos

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.