Brasil tem a segunda energia mais cara do mundo

Brasil tem a segunda energia mais cara do mundo

21 de julho de 2022

O custo da energia elétrica no Brasil é a segunda mais cara do mundo. Só não é maior do que o da Colômbia, segundo levantamento é da plataforma de cupons de descontos CupomValido.com.br, com dados da Associação dos Grandes Consumidores Industriais de Energia e de Consumidores Livres (Abrace).

Nos últimos cinco anos, o custo da energia elétrica no Brasil aumentou em 47%. Este aumento significativo contribuiu para que o País subisse no ranking mundial. Além da Colômbia e Brasil, no topo do ranking entre os mais caros estão: Turquia (3º), Chile (4%), e Portugal (5%).

No lado oposto, entre os cinco países com a energia mais baratas estão: Noruega, Luxemburgo, Estados Unidos, Canadá e Suíça, respectivamente.

Segundo o estudo, do total do custo pago pelos consumidores brasileiros, apenas 53,5% são efetivamente utilizados para a geração, transmissão e distribuição da energia. Os vilões estão nos outros 46,5% restantes, que são compostos por taxas, furtos, impostos e ineficiências.

Somente referente ao furto de energia, estima-se que em 2022 as perdas somarão mais de R$ 5,4 bilhões no Brasil.

Leia também: Estrangeiras perdem interesse pela Enel Goiás

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.