Goiás ocupa a 6ª posição na geração de empregos

Goiás ocupa a 6ª posição na geração de empregos

30 de junho de 2022

Com a criação de 38 mil novos postos de trabalho neste ano, Goiás ocupa a sexta posição nacional e a primeira entre os Estados do Centro-Oeste na geração de empregos formais. Os dados são do Instituto Mauro Borges, com informações do IBGE. A taxa de desemprego em Goiás caiu de 13,9% (no início de 2021) para 8,9% neste ano. Portanto, inferior à taxa média nacional divulgada nesta quinta-feira (30/6) pelo IBGE.

A quantidade de pessoas no Estado em condição de desalento – situação daqueles em idade para trabalhar, mas sem ocupação no mercado de trabalho e que desistiram de procurar emprego – também diminuiu, passando, no mesmo período de comparação, de 2,5% para 1,8%.

“Não existe programa social mais eficiente no mundo do que o emprego. É o que dá dignidade, condição de crescimento às pessoas”, comemorou o governador Ronaldo Caiado.

Em maio, Goiás continua sendo destaque na geração de empregos, com a criação de 14,6 mil novas vagas, o maior número no Centro-Oeste, segundo dados do Caged. O setor de serviços tem sido o grande destaque. Somente em maio, foram criadas 2,5 mil novas vagas. No comércio foram gerados 1,3 mil empregos.

Desde o início deste ano, Goiás registrou 63,8 mil novos empregos. Com isso, alcançou mais de 1,370 milhão de trabalhadores no mercado formal.

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.