Consumidor quer reduzir gastos com restaurantes

Consumidor quer reduzir gastos com restaurantes

23 de março de 2022

Após dois anos de pandemia, reduzir os gastos com alimentação fora do lar continua a ser uma tendência entre os consumidores brasileiros, de acordo com pesquisa realizada em fevereiro com mais de 1 mil entrevistados no País. Os dados são da Galunion, consultoria especializada no setor de alimentação fora do lar, que desde o início da pandemia vem realizando levantamentos sobre o mercado de food service brasileiro.

Entre os que se mantêm em home office, 78% têm a intenção de se alimentar com aquilo que é preparado na própria casa. Em segundo lugar (48%) estão os pedidos por delivery. Apenas 18% pretendem sair do lar para comer em restaurantes ou outros estabelecimentos.

“Isso demonstra como a pandemia e o aumento dos preços dos alimentos no Brasil impactaram de forma direta o segmento de food service”, explica Simone Galante, CEO e fundadora da Galunion.

Já quando estiverem trabalhando presencialmente, 60% das pessoas dizem que irão consumir alimentos preparados em casa, enquanto 33% afirmam ter intenção de pedir delivery. Apenas 30% pretende comer em restaurantes, padarias ou lanchonetes e 28% dizem almoçar no refeitório da empresa.

“A pesquisa mostra que enquanto a maior parte da classe C pretende reduzir os gastos com comida fora de casa nos próximos seis meses, com 56% das respostas, na classe A, 49% dos consumidores pretendem manter os gastos atuais com alimentação preparada fora do lar. Além disso, é possível notar um equilíbrio entre reduzir gastos, com 41%, e manter os gastos da alimentação fora do lar, com 47%, com relação aos consumidores da classe B”, diz Nathália Royo, especialista em inteligência de mercado na Galunion.

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.