Goiânia, Anápolis e Aparecida estão entre as 100 mais empreendedoras

Goiânia, Anápolis e Aparecida estão entre as 100 mais empreendedoras

21 de março de 2022

Anápolis é a segunda cidade goiana melhor colocada no ranking nacional

Os municípios de Goiânia, Anápolis e Aparecida de Goiânia foram listados entre as 100 cidades mais empreendedoras do País, em índice desenvolvido pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap). No ranking, as cidades goianas aparecem em posições melhores do que no último estudo lançado, no ano passado.

Desta vez, Goiânia saltou da 52ª posição para o 14º lugar, Anápolis deixou a 75ª posição e foi para a 55ª, enquanto Aparecida de Goiânia saiu do 86º lugar para o 65º. São Paulo e Florianópolis permaneceram no topo do índice.

O Índice de Cidades Empreendedoras, fruto de uma parceria entre a Enap e a Endeavor, está em sua 6ª edição e avalia as condições nos municípios mais populosos do País para o empreendedorismo.

O grande destaque para Goiás foi a cultura empreendedora, com Goiânia ocupando o primeiro lugar entre as 100 cidades analisadas. Neste quesito, Aparecida de Goiânia ocupou a 39ª posição e Anápolis o 70º lugar. Este determinante mede a iniciativa da população em buscar em ferramentas da Internet por termos como “empreendedor” e “MEI” ou mesmo por instituições relacionadas ao empreendedorismo como “Sebrae”, “Simples Nacional”, “Senac” e “Franquias”.

Burocracia
Outros determinantes importantes para o crescimento de Goiás no ranking foram o ambiente regulatório, que compreende a complexidade burocrática em processos como abertura e liberação para funcionamento das empresas, e a facilidade de acesso das empresas ao capital.

Em relação ao ambiente regulatório Goiânia ocupou o 19º lugar, Anápolis o 20º e Aparecida de Goiânia a 23ª posição. No determinante acesso ao capital, Goiânia apareceu na 12º posição, Anápolis na 57ª e Aparecida de Goiânia no 95º lugar.

O fator infraestrutura, que mede as condições de conectividade do transporte interurbano e as questões urbanas como o preço do m² e o custo médio da energia elétrica, entre outros, teve Goiânia ocupando a 26ª posição, Anápolis a 65ª e Aparecida de Goiânia a 70ª.

Na variante mercado, Anápolis ficou com a posição 70, Goiânia com a 71 e Aparecida de Goiânia com a 88. Nesta variante, são analisados dados como o crescimento médio real do PIB, o PIB per capita e o número de empresas exportadoras com sede na cidade.

Para o determinante inovação, que avalia desde a infraestrutura tecnológica até as patentes e a média de investimentos do BNDES e da Finep, Goiânia ocupou o 59º lugar, Anápolis o 65º e Aparecida de Goiânia o 67º. Já no determinante capital humano, que analisa o acesso à mão de obra básica e à qualificada, Goiânia está no 28º lugar, Anápolis no 47º e Aparecida de Goiânia no 88º.

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.