JBS dobra lucro e promove a nova geração no comando da empresa

JBS dobra lucro e promove a nova geração no comando da empresa

11 de novembro de 2021

Wesley Filho assumiu o comando da empresa na América Latina, Oceania e para o negócio de proteína de origem vegetal

O grupo empresarial JBS anunciou que o seu lucro mais do que dobrou no terceiro trimestre deste ano: R$ 7,6 bilhões, aumento de 142% em relação ao mesmo período de 2020. O ótimo resultado foi impulsionado pelas vendas nos Estados Unidos, que compensaram adversidades no Brasil, que responde por 25% do faturamento da empresa. A receita líquida aumentou 32,2%, chegando a R$ 92,6 bilhões.

O Ebitda da empresa (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) atingiu R$ 13,9 bilhões no 3º trimestre e alcançou 15%. A dívida bruta fechou o trimestre em R$ 84,3 bilhões e a empresa encerrou o trimestre com R$ 23,3 bilhões em caixa. Adicionalmente, a divisão norte-americana possui US$ 2,2 bilhões disponíveis em linhas de crédito rotativas e garantidas, equivalentes a R$ 11,9 bilhões, o que permite à JBS uma disponibilidade total de R$ 35,2 bilhões, mais de 3 vezes superior a sua dívida de curto prazo.

A JBS também anunciou uma reformulação no comando global da companhia, que valerá a partir de janeiro: André Nogueira assumirá o comando na América do Norte; Wesley Batista Filho na América Latina, Oceania e para o negócio de proteína de origem vegetal. Nos novos cargos, ambos continuarão a se reportar ao CEO global da companhia, Gilberto Tomazoni.

Terceira geração
É mais um sinal da ascensão de Wesley Batista Filho (foto) na empresa e da preparação da companhia para fazer a aguardada listagem de ações nos EUA em 2022. Aos 30 anos, vai assumir como presidente global de operações com foco no Hemisfério Sul, passando a ser responsável também pelos ativos da JBS na Austrália — que até então ficavam sob o guarda-chuva da JBS USA —, o que inclui a nascente divisão de aquicultura e a estratégia global para plant based. Ao mesmo tempo, o longevo CEO da JBS USA, André Nogueira, vai assumir uma função mais estratégica. Ele será par de Wesley Filho, assumindo a posição de presidente global de operações, com foco na América do Norte.

Depois da JBS investir quase R$ 20 bilhões em aquisições desde 2020, um ritmo intenso que vai trazer o faturamento para US$ 65 bilhões, o CEO Gilberto Tomazoni decidiu redistribuir funções para não perder o que considera ser um diferencial da JBS — o foco minucioso no detalhe. A JBS começou a sua em Goiás como frigorífico Friboi e hoje é uma multinacional de origem brasileira, com sede em São Paulo e presente em 15 países, com mais de 250 mil funcionários. Foi fundada em 1953 pelo empresário José Batista Sobrinho, que iniciou com capacidade de processar apenas cinco cabeças de gado por dia, em Anápolis.

Conteúdo produzido em parceria com o portal ENTRELINHAS GOIÁS.

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.