Cresce demanda do agro por veículos alugados em Goiás

Cresce demanda do agro por veículos alugados em Goiás

14 de setembro de 2021

Adriano Donzelli: “As picapes leves e pesadas representam um terço de toda a frota do setor de locação em Goiás (1.435 unidades)”

O agronegócio, que é responsável por mais de 25% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil, também já divide, com o setor público, a liderança na demanda por aluguel de veículos em Goiás, de acordo com a Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (ABLA). Conforme estatísticas obtidas pela entidade junto ao Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), reunidas no Anuário Brasileiro do Setor de Locação Veículos, os modelos mais procurados para as atividades ligadas ao agro são as picapes leves e pesadas. Juntas, as duas categorias representam um terço de toda a frota do setor de locação em Goiás (1.435 unidades).

O diretor da ABLA em Goiás, Adriano Donzelli, aponta que aproximadamente 70% da frota das locadoras goianas já está voltada para a terceirização, que é o aluguel de longa duração para pessoas jurídicas e órgãos públicos. Ainda com base nas mais recentes estatísticas da ABLA, o Estado conta com 251 locadoras ativas e uma frota total de mais de quatro mil automóveis e comerciais leves.

Segundo Donzelli, cooperativas, produtores rurais e outros players do agronegócio estão vendo na locação uma oportunidade “de se libertar das amarras do crédito necessário para comprar veículos e, assim, podem inclusive canalizar esse capital para sua atividade-fim, essencial para a recuperação econômica do País”, avalia.

Além da economia financeira propriamente dita, o aluguel já embute gastos com manutenção, seguro e impostos como o IPVA. Nesse sentido, as locadoras começam a suprir com mais ênfase as demandas de mobilidade dentro e fora das propriedades rurais e também no setor público goiano, que tem demandado a terceirização de frotas para as áreas de segurança e saúde. “Trata-se da tendência geral de deixar de comprar veículos para pagar somente pelo uso”, completa Donzelli. “No pós-pandemia, isso ficará ainda mais evidente”, afirma.

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.