Fieg lança programa com 22 mil vagas em cursos gratuitos

Fieg lança programa com 22 mil vagas em cursos gratuitos

25 de maio de 2021

Fieg e Senai Goiás vão oferecer 22 mil vagas em 30 cursos gratuitos

O Dia Nacional da Indústria, comemorado nesta terça-feira (25 de maio), também está sendo celebrado com a Semana da Indústria, numa iniciativa da Federação das Indústrias e do Senai Goiás que vão lançar a segunda edição do programa Indústria + Forte. A meta é oferecer mais de 22 mil vagas gratuitas em 30 diferentes cursos de qualificação profissional à distância (EaD), dos quais 12 serão disponibilizados a partir desta semana e os demais, em agosto, destinados a trabalhadores da indústria, jovens em busca do primeiro emprego e desempregados.

Com carga horária entre 160 e 300 horas, os cursos oferecidos são os de assistente ambiental, assistente de operações logísticas, operador de tratamento de água e efluentes, supervisor inovados, assistente de distribuição, assistente de planejamento da produção, assistente de suprimentos, auxiliar de custos, ajudante de eletricistas, operador de sistemas de computador, consultor de vendas e de ajudante de açougueiro. A iniciativa visa reduzir os impactos socioeconômicos causados pela pandemia e ajudar a retomar o crescimento do setor produtivo.

O Sistema Fieg vai lançar também o Programa de Valorização do Docente, promovendo a transformação digital do ensino, fortalecendo a rede tecnológica e incentivando as práticas que qualificam o ensino, incluindo ensino básico e educação profissional. As escolas do Sesi têm uma programação especial como palestras e exposições. A iniciativa quer aproximar os estudantes das indústrias para que, futuramente, atuem no setor produtivo de Goiás e contribuam para o fortalecimento do Estado.

Importância

Ao comentar a data, o presidente da Fieg, Sandro Mabel, afirma que a indústria está presente em tudo na vida da população. “Do pãozinho do café da manhã ao IFA (Ingrediente Farmacêutico Ativo), insumos para produção de vacinas que estão no centro do gigantesco desafio da imunização contra a Covid-19, igualmente comuns na fabricação de qualquer fármaco, a indústria está presente em tudo”, observa.

Em Goiás, enfatizou, a indústria tem se apresentado como alicerce da manutenção e geração de empregos. “Mesmo diante da grave crise econômica, a Fieg orientou as empresas industriais que não demitissem, que aderissem a programas de auxílio do governo federal e que incentivassem, sempre que possível, o home office”, frisou.

A indústria é reconhecida por proporcionar os salários mais altos entre todos os segmentos produtivos. O salário pago para profissionais com nível superior é de R$ 7.556, contra uma média nacional de outros setores de R$ 5.887. Além disso, a indústria tem forte poder de gerar crescimento. Para cada R$ 1 produzido pelo setor, são gerados R$ 2,43 adicionais na economia. Esse mesmo R$ 1 aplicado na agricultura rende R$ 1,75 e, no setor de serviços, R$ 1,49.

A Semana da Indústria em Goiás tem extensa programação com ações de inclusão, interação, inovação e integração, tudo disponível nas redes sociais e no canal do Sistema Fieg no YouTube. Também quem passar pelas imediações da Avenida Araguaia, no Setor Leste Vila Nova, perceberá iluminação especial na cor azul na Casa da Indústria, sede da Fieg.

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.

2 thoughts on “Fieg lança programa com 22 mil vagas em cursos gratuitos”

  1. Avatar Valtuir Parreira da Silva disse:

    Olá! gostaria de saber dos cursos

  2. Avatar Valtuir Parreira da Silva disse:

    Olá! gostaria de saber dos cursos,pois tem uma sobrinha de 15 anos .