Indústria representa 20% do PIB goiano

Indústria representa 20% do PIB goiano

24 de maio de 2021

A construção lidera com participação de 25% do setor industrial em Goiás

O setor industrial goiano representa 20,8% do Produto Interno Bruto (PIB) do Estado, 41,8% do PIB industrial da região Centro-Oeste e 2,7% do PIB industrial do Brasil. Os dados são da Confederação Nacional da Indústria (CNI) que divulgou nesta segunda-feira (24) as principais características da indústria nos 26 Estados e no Distrito Federal, em comemoração ao Dia da Indústria em 25 de maio. De acordo com a CNI, a construção com 25,1% de participação lidera os principais setores da indústria goiana, seguida pelo setor de alimentos, com 22,4%; serviços industriais de utilidade pública, 16,9%; derivados de petróleo, 8%, e metalurgia, 4%.


Os 17.487 estabelecimentos industriais goianos (dados de 2019) empregam 318.276 pessoas, que representam 20,9% do emprego formal do Estado, e 47% do emprego industrial da região Centro-Oeste. O salário médio é de R$ 2.326,00, enquanto a média nacional é de R$ 2.792,00. Já a arrecadação de ICMS da indústria chegou a R$ 3,08 bilhões em 2019, representando 31% do que é arrecadado do imposto no Estado.


Importância
A data de 25 de maio simboliza a importância do setor para o desenvolvimento e riqueza para o país, geração de emprego e bem-estar social. De acordo com o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, apesar de todas as oportunidades desperdiçadas pelo país ao longo dos anos, o Brasil continua dispondo de uma boa base industrial. “Temos uma estrutura industrial diversificada, com empresas inovadoras; competência acumulada na área de ciência e tecnologia; e empresários e trabalhadores que sempre foram capazes de realizar grandes feitos quando confrontados com ambientes propícios e políticas adequadas”, afirma.


Os salários mais altos são pagos pela indústria, R$ 7.556 para profissionais com nível superior, contra uma média nacional de R$ 5.887. Além disso, o setor tem forte poder de gerar crescimento. Para cada R$ 1 produzido pelo setor, são gerados R$ 2,43 adicionais na economia. Esse mesmo R$ 1 aplicado na agricultura rende R$ 1,75 e, no setor de serviços R$ 1,49.
A indústria brasileira representa 20,4% de todas as riquezas produzidas no Brasil. Mesmo assim é responsável por 33% do pagamento dos tributos federais, 31,2% da arrecadação previdenciária, 69,2% das exportações brasileiras de bens e serviços e 69,2% do investimento empresarial em pesquisa e desenvolvimento.

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.