Senado tentará MP para compra de vacinas só para trabalhadores

Senado tentará MP para compra de vacinas só para trabalhadores

29 de março de 2021

Sandro Mabel: “Uma lei que permita aos empresários comprar vacinas para imunizar seus colaboradores irá acelerar a imunização em massa”

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), vai solicitar, em reunião na próxima quarta-feira (31/03) com presidente da Câmara, Arthur Lira, e demais autoridades, Medida Provisória liberando a compra de vacinas pela iniciativa privada para serem aplicadas, em sua totalidade, nos colaboradores.

Esta foi a resposta dada nesta segunda-feira (29) ao presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), Sandro Mabel, por telefone, sobre o ofício que lhe foi entregue na última terça-feira (23/03). No documento, a Fieg solicita alteração na Lei 14.125/2021, que versa sobre a aquisição e distribuição de vacinas pela iniciativa privada.

Na conversa, Sandro Mabel explicou a Pacheco que o Brasil já contratou as 560 milhões de doses de vacinas, suficientes para imunização da população vacinável. Agora, segundo o presidente da Fieg, uma lei que permita aos empresários comprar vacinas para imunizar seus colaboradores irá acelerar a imunização em massa, sem prejudicar o Plano Nacional de Imunização.

Recentemente foi sancionada a lei que autoriza a iniciativa privada a comprar vacinas, mas determina que todas as doses devem ser cedidas ao SUS enquanto todos os públicos prioritários não estiverem imunizados contra o coronavírus.

Em ação recente, Sandro Mabel entregou ao Governo de Goiás proposta de compra de vacinas à pronta entrega, provando que não faltam vacinas no mercado. “Basta procurar, como fez o nosso Centro Internacional de Negócios, o CIN/Fieg, que encontrou vacinas disponíveis em laboratório chinês”, afirmou.

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.