Mansão Cristal e Bolshoi Pub fecham as portas em Goiânia

Mansão Cristal e Bolshoi Pub fecham as portas em Goiânia

24 de fevereiro de 2021

Palco do Bolshoi Pub que recebeu cerca de 3 mil shows em 17 anos

Depois de mais um ano sem poder abrir as portas para grandes eventos sociais ou corporativos, por causa da pandemia da Covid-19, as casas de festas, sobretudo as que têm espaços maiores (para mais de 200 pessoas), estão entrando em colapso e alguns decidiram encerrar suas atividades em Goiânia, definitivamente.


Depois de 15 anos de funcionamento, a Mansão Cristal, localizada no Jardim Goiás, vai deixar de funcionar no próximo mês. O seu proprietário Wanderley Eustáquio Londe, diz que a situação está insustentável. Tem um ano que não realiza nenhum evento no salão, com capacidade para 800 pessoas, e mesmo assim tem de pagar aluguel de mais de R$ 20 mil mensais, energia elétrica que é contratada sob demanda, mesmo sem ligar uma lâmpada, além de outros custos operacionais.


“Tinha esperança de melhorias agora em 2021. Mas o agravamento da pandemia e este novo decreto da Prefeitura, que proíbe eventos de qualquer natureza na Capital, foram a gota d´água para a tomada da minha decisão” relata Wanderley. Ele conta que vai manter o buffet. Inclusive arrendou o restaurante do clube de um condomínio fechado em Goiânia e vai trabalhar também com delivery. “Esta situação que vivemos impactou bastante minha vida pessoal e empresarial”, lamenta Wanderley.

Bolshoi Pub

Outra casa de eventos que encerra suas atividades em Goiânia é o Bolshoi Pub, depois de 17 anos de atividades no Setor Bueno, especialmente com a realização de aproximadamente 3 mil shows, muitos deles com artistas renomados do País e até internacionais. “É com grande pesar que nós, do Bolshoi Pub, comunicamos que estaremos afastados das nossas atividades a partir dessa semana por período indeterminado”, informou a empresa em nota.


“A nossa história nos orgulha muito. Foram quase 17 anos de muito suor e trabalho. Fizemos muito pela noite e pela cultura de Goiás. Mas isso não é o principal de nossa trajetória. O mais importante são os amigos que fizemos e que vão morar eternamente nos nossos corações. O Bolshoi será para sempre lembrado por quem ali esteve. E é motivo de orgulho ser uma das casas mais respeitadas do Brasil. Contra nossa vontade, estamos saindo de cena. Mas de cabeça erguida, com o sentimento de dever cumprido”, informa a nota.


O Bolshoi Pub vai abrir ainda nesta quarta-feira (24/02), mas apenas para despedida, das 18 às 22 horas, com todo o cardápio com 50% de desconto para “zerar o estoque e a discotecagem de Rodrigo Carrilho”. “Esperamos que possamos um dia voltar. Mas não sabemos se isso será possível. No momento, é preciso dar um passo para trás para no futuro, quem sabe, dar dois adiante”, conclui a nota da empresa.

A Vintage Casa de Eventos, no Setor Sudoeste, está fechada desde meados do ano passado, quando o seu proprietário faleceu de Covid. Os promotores de eventos relatam que há também espaços para festas infantis que deixaram de funcionar na pandemia e não tem expectativa de retorno do negócio. O EMPREENDER EM GOIÁS tentou contatos com os proprietários, mas não obteve retorno das ligações telefônicas.


Ricardo Souza, promotor de eventos, afirma que o setor está todo travado e sem perspectivas em Goiás, ainda mais agora com o agravamento da pandemia. “Mesmo fechadas, as casas de ventos têm custos operacionais e ninguém tem condições de ficar com faturamento zero. Acho que muitos empresários vão sair do ramo de eventos”, lamenta. Aliás, é o que tem mostrado o EMPREENDER EM GOIÁS. Várias empresas, muitas delas tradicionais, fecharam as portas em Goiânia nos últimos meses.


Souza conta que em Goiânia existem mais de 350 casas de eventos sociais além de outros 150 salões para eventos de negócios, entre eles o Centro de Convenções. Mais de 1 mil profissionais de eventos e outros 40 mil autônomos (garçons, cozinheiras, seguranças, auxiliares de cozinha) estão parados desde o início da pandemia, causada pela Covid-19, em março do ano passado. A estimativa é que o setor de eventos está deixando de movimentar mais de R$ 12 bilhões.

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.

One thought on “Mansão Cristal e Bolshoi Pub fecham as portas em Goiânia”

  1. Avatar Paulo Araujo Rocha disse:

    Lamentável!! Mas é uma situação mundial. Todos segmentos foram afetados, mas o de eventos parece ter sido o que mais foi prejudicado. Rogamos a intervenção Divina pra a cura desta peste Chinesa, e um breve retorno a antigo normal.