Criada frente em defesa do varejo e do e-commerce

Criada frente em defesa do varejo e do e-commerce

10 de fevereiro de 2021

Deputado Lucas Vergílio: ““A frente vai propor políticas para o comércio varejista e digital”

O Congresso Nacional criou a Frente Parlamentar Mista de Apoio ao Mercado de Varejo e E-Commerce (Frevec), tendo como principais objetivos melhorar o ambiente de negócios no Brasil e contribuir com a retomada econômica pós-pandemia, além de propor a modernização da legislação e cuidado com a sua regulamentação do comércio digital no Brasil. A frente é presidida pelo deputado federal Christino Áureo (PP-RJ) e tem como vice-presidente para a Região Centro-Oeste o deputado federal Lucas Vergílio (Solidariedade/GO).


Para se ter uma ideia do e-commerce no Brasil, segundo dados do MCC-ENET e da Receita Federal, mostram que o segmento cresceu 73,8% no ano passado e faturou R$ 231,9 bilhões. Em relação ao faturamento a alta foi de 83,6%. A participação do segmento no comércio varejista corresponde a 9,3%, de acordo com dados do IBGE. Os segmentos que têm se destacado são os de alimentos e bebidas, arte e antiguidade, artigos para bebês, casa/decoração e construção.


“Não poderíamos prever, quando fizemos a proposta de criação da Frente, que seria tão representativa pelo momento que estamos vivendo. Ela congrega todo o ambiente de e-commerce e trata do varejo. Lida com setores que estão fortemente afetados pela pandemia. É um momento de muito desafio para a sobrevivência dos negócios, especialmente dos pequenos”, disse Christino Áureo.


O deputado federal goiano Lucas Vergílio afirma que o comércio digital cresce muito rápido no Brasil e tem experimentado um verdadeiro boom por conta da pandemia da Covid-19, que acelerou o processo para milhões de empresas do comércio brasileiro passarem a vender pela internet. “A frente terá por objetivos acompanhar políticas voltadas ao comércio varejista e ao e-commerce, promover ações que fomentem o desenvolvimento e a competitividade do setor, além de estimular a cultura do empreendedorismo no Brasil”, afirma.


Um dos segmentos que comemora a criação da frente parlamentar é o de franquias, cujo faturamento anual é de quase R$ 186 bilhões ao ano. “Precisamos melhorar o ambiente de negócios e de medidas emergenciais para atravessar a pandemia com menos sobressaltos e mantendo renda, empregos e geração de impostos. Estou seguro de que a frente irá nos ajudar em tornar realidade essas medidas”, diz o presidente da ABF, André Friedheim.

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.