Comércio alerta para abertura nos feriados deste ano

Comércio alerta para abertura nos feriados deste ano

4 de janeiro de 2021

O comércio em Goiás já ajusta o calendário para programar o funcionamento das lojas de rua e de shoppings centers em 2021, que terá 9 dos 11 feriados nacionais caindo em dias úteis (81% deles). Depois das restrições sanitárias no ano passado, com o inédito fechamento compulsório do comércio por conta da pandemia da Covid-19, os comerciantes vão se valer de acordos coletivos entre sindicatos patronais e laborais para convocar os empregados, abrir as portas e fazer a economia girar.

Apenas os feriados do Dia do Trabalho, em maio, e do Natal, em dezembro, cairão no sábado. O feriado do aniversário de Goiânia, 24 de outubro, também cairá no sábado. Já o feriado municipal de Nossa Senhora Auxiliadora, Padroeira de Goiânia, celebrado em 24 de maio, este ano será numa segunda-feira.

De acordo com a legislação, o comércio varejista pode funcionar em determinados feriados, desde que haja o entendimento bilateral entre patrões e empregados, através dos seus sindicatos, e, consequentemente a determinação, amparada em Convenção Coletiva, para convocar os empregados a dar expediente.

O Sindilojas-GO (Sindicato do Comércio Varejista no Estado de Goiás) explica que, para abrir no feriado, o comerciante precisa requerer naquela entidade classista um documento que o autoriza a funcionar, o chamado Certificado de Regularidade. “Esse documento funciona como um atestado de que aquele estabelecimento se comprometeu a funcionar no feriado respeitando todas as regras da Convenção Coletiva, inclusive, claro, os direitos dos empregados”, diz o presidente do Sindilojas-GO, Eduardo Gomes dos Santos.

O fechamento do comércio em dias úteis, por causa dos feriados, gera prejuízos para as empresas. Segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a estimativa de perda para 2020 era de R$19,6 bilhões em todo o Brasil.

Apesar de não existir um levantamento próprio com o cenário de Goiás, Eduardo Gomes afirma que os prejuízos no comércio varejista estadual também são de grandes dimensões e, por isso, acabam comprometendo investimentos e a geração de novas vagas de trabalho.

“Estamos num momento muito sensível para a nossa economia. Precisamos repor as perdas da pandemia o mais rápido possível, para estabilizar novamente o cenário econômico. Por isso, a abertura do comércio nos feriados, que é uma conquista da classe lojista, fará toda a diferença em 2021, neste ano cheio de feriados caindo em dias úteis”, frisa o presidente do Sindilojas-GO.

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.