Feriados desaceleram vendas de carros em Goiás

Feriados desaceleram vendas de carros em Goiás

9 de novembro de 2020

Após seis meses de altas seguidas, as vendas de automóveis e comerciais leves desaceleraram no mês de outubro em Goiás, com queda de 2,63% em relação a setembro. Foram vendidos 6.816 veículos ante 7 mil. Em relação a outubro do ano passado, a queda foi de 3,92%. No acumulado do ano, a redução chega a 12,48%, pois foram comercializadas 56.227 unidades até outubro deste ano contra 64.247 no mesmo período do ano passado.


De acordo com o Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos Automotores (Sincodiv-GO), o principal motivo da desaceleração foi a interrupção das vendas e dos emplacamentos motivada pelos feriados de 12 de outubro (Nossa Senhora Aparecida), que caiu numa segunda-feira; 24 de outubro, aniversário de Goiânia, mesmo sendo sábado afetou o setor, e o feriadão que começou no dia 30, sexta-feira, para os servidores públicos com o fechamento do Detran, se prolongando até dia 2 de novembro, Finados, só retornando as atividades no dia 3.


“Outro problema é a limitação de produção, já que as fábricas vêm enfrentando falta de alguns insumos e componentes e não conseguem atender todos os pedidos. As concessionárias estão pedindo três e até quatro meses para entregar determinados modelos de carros, principalmente os lançados recentemente”, completa o diretor executivo do Sindodiv-GO, Lincon Vargas.


Mesmo com desaceleração momentânea, os concessionários de Goiânia estão otimistas com as vendas de veículos este ano considerando as projeções catastróficas iniciais. Para tanto, lembram o aumento da confiança do consumidor aliado à maior oferta de crédito.


Otimismo
Já o balanço nacional de vendas de automóveis e comerciais leves em outubro, conforme a Fenabrave, associação que reúne as revendas franqueadas de veículos, registrou o melhor desempenho do ano. Com o resultado, a Fenabrave manteve suas projeções de vendas de veículos leves em 2020, estimadas em 1,88 milhão de unidades, que representará retração de 29,4% sobre 2019. A previsão é melhor do que a divulgada mês passado pela Anfavea, que projeta baixa de 31% este ano, com 1,83 milhão de emplacamentos.


Com 205,2 mil automóveis e comerciais leves emplacados, outubro foi o melhor mês do ano com leve alta de 3,25% sobre setembro, mas ainda em expressiva queda, de 14,9%, sobre o mesmo mês de 2019, quando foram licenciadas 241.142 unidades. No acumulado de dez meses foram registrados 1,5 milhão de emplacamentos, o que representa retração de 31% na comparação com o mesmo período do ano passado.

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.