Fieg lança plano para incrementar exportações goianas

Fieg lança plano para incrementar exportações goianas

18 de setembro de 2020

Com o objetivo de incrementar as exportações de produtos industrializados made in Goiás, a Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg) promoveu o lançamento do Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE): a Indústria Goiana Conquistando o Mercado Internacional. “Estamos de corpo e alma irmanados para intensificar a cultura exportadora em nosso Estado”, disse o presidente da Fieg, durante o evento realizado na quinta-feira (17/09), por meio de videoconferência.

Sando Mabel e o vice-governador Lincoln Tejota durante o webinar de lançamento do PNCE em Goiás

Na abertura, Sandro Mabel também reforçou a importância do comércio exterior na retomada da economia, reafirmando o compromisso da Fieg com a internacionalização das indústrias goianas. “Não por acaso, em agosto, dados do nosso Centro Internacional de Negócios (CIN) mostram boa performance de nossa balança comercial, a despeito da pandemia. O Estado acumulou superávit de US$ 443 milhões. O resultado foi 35% superior ao alcançado em igual período de 2019”, observou.

O vice-governador de Goiás, Lincoln Tejota, ressaltou a importância do setor industrial para a economia nacional e estadual, como grande gerador de empregos. “Maior demanda da população é pelo emprego. As pessoas querem dignidade”, disse. Ele destacou ainda a plataforma multimodal de Goiás, que garante competitividade logística ao que é produzido no Estado. “O mundo está de olho no Brasil e Goiás tem se destacado. Precisamos garantir um ambiente de negócios propício, fortalecendo toda a cadeia produtiva”, frisou.

Cooperação

A coordenadora do CIN Fieg, Johanna Guevara, explicou que a metodologia do Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE) prevê o mapeamento de competências e requisitos para internacionalização das empresas atendidas, entrega de avaliação de maturidade internacional (com detalhamento de pontos fortes e oportunidades de melhoria) e plano de ação personalizado. O programa é customizado às necessidades de cada indústria, indicando metas de curto, médio e longo prazos e apresentando soluções para cada um dos desafios diagnosticados. “É mais que apoiar, é estar de mãos dadas com o empresário durante todo o processo até a exportação propriamente dita”, esclareceu.

Johanna Guevara: “É mais que apoiar, é estar de mãos dadas com o empresário durante todo o processo até a exportação propriamente dita”

Presente no webinar, a gerente de Serviços de Internacionalização da CNI, Sarah Saldanha, ressaltou o vigor e liderança que Goiás vem manifestando no comércio exterior e chamou atenção para reflexão de dois pontos que considera fundamentais: trabalho coordenado e diálogo entre as instituições envolvidas. “Com essa fotografia, vemos como o PNCE é importante. A palavra é cooperação. Trabalhamos por essa cadeia virtuosa”, reforçou.

Programa

O PNCE é uma iniciativa do governo federal em parceria com CNI, Sebrae, Apex-Brasil e outras organizações públicas e privadas que atuam no fomento às exportações brasileiras. Em Goiás, o programa é executado pelo governo estadual, sendo a Fieg uma das instituições responsáveis pela operacionalização.

As empresas interessadas em participar devem acessar o link http://www.pnce.economia.gov.br. Após preenchimento do Perfil Empresarial, as informações são analisadas e a empresa será contatada para execução da assessoria, entrega do plano de ação e participação direcionada nas atividades. Mais informações e orientações sobre o PNCE estão disponíveis pelo telefone (62) 3501-0045.

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.