Mulheres compram mais pela internet na Grande Goiânia

Mulheres compram mais pela internet na Grande Goiânia

21 de agosto de 2020

As mulheres foram responsáveis por 56,1% das compras virtuais no mês de junho na Região Metropolitana de Goiânia, de acordo com o estudo Movimento Compre & Confie, baseado nos dados do E-commerce. Já os homens representaram 43,9%. Neste mesmo período, o valor do tíquete médio das compras foi de R$ 526,40.

O setor faturou R$ 138,8 milhões no mês de junho na Região Metropolitana de Goiânia. Ao comparar com o mesmo período do ano passado, o aumento foi de 81,5% (R$ 76,4 milhões). Conforme o estudo, a quantidade de pedidos realizados chegou a 263,6 mil, crescimento de 90,2% em relação a junho de 2019 (138,6 mil pedidos). Entre os cinco segmentos que mais faturaram estão: telefonia (24%); entretenimento (13,1%); eletrodomésticos e ventilação (13,1%); moda e acessórios (9,4%); informática e câmeras (9,2%)..

No Brasil, as vendas do e-commerce continuam em alta. Ao comparar o mês de junho de 2020, ante o mesmo mês do ano passado, o setor dobrou com alta de 110,52%. Já o faturamento cresceu 108,84%, no mesmo período. Os dados compõem o índice MCC-ENET, desenvolvido pelo Comitê de Métricas da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net) em parceria com o Movimento Compre & Confie. Conforme o índice, 18,2% de consumidores realizaram ao menos uma compra online entre o trimestre de abril a junho, o que representa alta de 5,9 pontos percentuais em relação ao trimestre anterior (12,3%).

“Com a chegada de uma pandemia no Brasil, podemos afirmar que estamos vivendo uma mudança de era no comércio eletrônico brasileiro, com a antecipação de patamares de vendas que certamente só seriam registrados a daqui cinco anos. O mercado realmente passou por uma grande transformação, com vendas de categorias de produtos de consumo diário e entrada de novos consumidores no varejo digital”, afirma André Dias, diretor executivo do Compre & Confie.

Na comparação por região, em junho de 2020, em relação ao mesmo mês do ano anterior, as vendas online registraram o seguinte desempenho: Nordeste (159,49%); Norte (118,65%); Sudeste (112,68%); Sul (79,52%); e Centro-Oeste (68,12%). Já no acumulado do ano, a configuração ficou da seguinte forma: Nordeste (86,62%); Norte (67,81%); Sudeste (57,59%); Centro-Oeste (56,60%); e Sul (47,74%).

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.