Goiás é o décimo destino preferido por brasileiros

Goiás é o décimo destino preferido por brasileiros

12 de agosto de 2020

Goiás é o décimo destino mais procurado por turistas brasileiros. O cálculo também considera o turismo intrarregional (pessoas que viajam dentro de sua própria região). Trata-se do resultado da Pesquisa Nacional por Amostragem Domiciliar Contínua – Turismo (PNADC Turismo), investigou os hábitos e rotinas de viagem dos brasileiros em 2019, divulgada hoje (12/08) pelo IBGE. São Paulo é o destino mais procurado pelos brasileiros, representando 18,9%, ou cerca de 3,9 milhões, das viagens pesquisadas. Goiás, por sua vez, foi o destino de 854 mil viagens no mesmo período, o que corresponde a 4,1% das viagens pesquisadas. Foi o estado mais procurado do Centro-Oeste, seguido pelo Mato Grosso (com 1,6%), Mato Grosso do Sul (1,4%) e o Distrito Federal (1,2%).
Em âmbito regional, o Centro-Oeste foi destino de 8,4% das viagens nacionais realizadas em 2019. Isso corresponde a aproximadamente 1,7 milhão de viagens e faz da região a penúltima mais procurada pelos viajantes brasileiros, a frente apenas da região Norte, destino de 1,6 milhão viagens em 2019, ou 7,9% do total. A região mais procurada foi o Sudeste (39,5% das viagens), seguido pelo Nordeste (27,8%) e Sul (16,5%).
Turista goiano
Já os turistas goianos realizaram 746 mil viagens no ano passado, sendo que 98,1% delas foram nacionais e apenas 1,9% (14 mil) internacionais. No total, 90,9% (ou 678 mil) fizeram por motivação pessoal e 9,1% por questões profissionais. Dos goianos que não viajaram no ano passado, 54,2% foi por falta de dinheiro, 17,7% por falta de tempo e 12,4% por não ter necessidade. No Brasil, a pesquisa registrou 21,4 milhões de viagens realizadas no País em 2019 (96,1% do total) e apenas 3,9% foram internacionais.
O carro (particular ou de empresa) foi o meio de transporte principal utilizado em 62,7% de todas as viagens realizadas por turistas goianos, o que representa 468 mil viagens. Já o avião foi utilizado em 78 mil viagens, 10,4% do total. Foi um valor menor do que o dos ônibus de linha, que levaram turistas em apenas 11,8% das viagens. É uma tendência também averiguada nacionalmente, em que os brasileiros utilizaram mais o carro (46,6% do total) do que o avião (15,3%). Em todo o Brasil, os ônibus de linha representaram 16,0% das viagens registradas.
Cerca de 17,5% dos turistas de Goiás que viajaram ficaram em hotéis ou flats e a grande maioria optou por pernoitar na casa de amigos ou parentes. Foram 392 mil viagens nessa categoria, 52,5% do total. Os dados nacionais indicam valores semelhantes: em 47,3% das viagens realizadas, os viajantes se hospedaram na casa de amigos ou parentes; em 17,3% a hospedagem foi em hotéis ou flats.

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.