Parrilla recomeça após ver sua clientela reduzida a zero

Parrilla recomeça após ver sua clientela reduzida a zero

6 de agosto de 2020

Um novo recomeço para o Restaurante Parrilla, no Setor Bueno (Goiânia), que reabre as suas portas depois de ter visto a sua clientela reduzida a praticamente zero neste ano e o faturamento ter desabado em mais de 90%. O estabelecimento chegou a suspender totalmente as suas atividades em maio, no auge das restrições econômicas impostas pelo Estado e pela Prefeitura, por causa da pandemia da Covid-19.

“Recebemos em média 2.500 clientes por mês, número que, pela primeira vez na vida da empresa, foi reduzido a zero em maio, quando optamos por suspender por tempo indeterminado as atividades do Parrilla. Agimos assim para preservar a saúde de nossos colaboradores e clientes e aproveitamos as medidas tomadas pelo governo federal, com a suspensão dos contratos de trabalho”, afirma o proprietário Ricardo de Paiva Rodrigues, em entrevista exclusiva ao EMPREENDER EM GOIÁS.

Nosso faturamento no primeiro mês, após o decreto estadual, caiu para menos de 10%, pois atuávamos apenas por delivery, sistema que ainda não tínhamos tradição e clientela. Este foi mais um fator que nos fez optar por suspender as atividades. Retornamos nosso atendimento de salão e delivery em 14 de julho e, felizmente, estamos reencontrando nossos clientes antigos, fiéis, e também como sempre, conhecendo novos frequentadores do nosso restaurante”, diz o empresário.

Conceito inovador
O restaurante Parrilla foi inaugurado em 2006, pelo chef de cozinha Vinicius de Paiva Rodrigues, pioneiro em Goiás na especialidade de cortes especiais de carne de Angus. Por quatro anos, foi premiado pela Revista Veja como o melhor no segmento de carnes da capital. Em 2009, foi comprado pelo irmão e administrador de empresas Ricardo Rodrigues. A família já tem forte tradição na pecuária, sendo a quarta geração atuando no setor, além de paixão pela gastronomia.

Para a abertura do restaurante foram investidos R$ 600 mil em 2006. Há cerca de três anos passou por reforma e modernização, quando foram investidos mais R$ 1 milhão. “Nosso diferencial é o sistema de preparo das carnes, que são feitas na parrilla, usando apenas brasa de lenha, além claro da excelente seleção das carnes para garantir o que o Angus pode oferecer de melhor, sabor, marmoreio, maciez e textura. O cliente escolhe o ponto que deseja e recebe sua carne como uma iguaria, feito especialmente para ele”, afirma Ricardo Rodrigues.

Para a reabertura, o restaurante adotou várias medidas recomendadas pelas autoridades de saúde e sanitárias e também lançou nova linha de produtos, os burgers do PCQ BURGER, inicialmente apenas para entrega. O Parrilla gera, em média, 25 empregos diretos e conta com equipe muito treinada.

“O que a gente extraiu de mais importante durante este momento crítico da humanidade foi que precisamos aceitar, da melhor forma possível, as mudanças que acontecem em nossas vidas e fazer que as incertezas sejam alimento para novos projetos e atitudes. Entendemos que 2020 será ainda um período em que, infelizmente, muitas empresas desaparecerão ou passarão por inúmeras mudanças. Mas, acreditamos que se houver entendimento entre o Congresso Nacional e o governo federal, 2021 promete ser um ano de retomada forte”, afirma o empresário.

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.