Pandemia aumenta demanda por profissionais da área digital

Pandemia aumenta demanda por profissionais da área digital

6 de julho de 2020

Em tempos de pandemia há sim vagas sobrando no mercado de trabalho, e não são somente em funções para a área de saúde. Profissionais com habilidades e familiaridade em trabalhar com ferramentas digitais, estão em alta, mesmo num cenário econômico complicado. É o que indica uma sondagem de mercado do Instituto Gyntec, em parceria com a Associação das Empresas de Tecnologia da Informação de Goiás (Assespro-GO) e a Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex). O objetivo foi de avaliar os impactos e as adaptações feitas pelas empresas no mundo pós-pandemia. Ouviu 38 empresas de diversos segmentos.

O levantamento aponta que a pandemia, de fato, eliminou um grande número de postos de trabalho, mas também estimulou e acelerou o crescimento de outros setores, como os de tecnologia da informação e o de comunicação e marketing digital. Das companhias participantes do levantamento e que estão com vagas em aberto, um percentual superior a 55% estão à procura de profissionais com essas habilidades. Entre as empresas que estão ofertando oportunidades, os perfis mais procurados são os de profissionais que têm experiência com gerenciamento de mídias socais, desenvolvimento de conteúdo digital (para sites e redes sociais), gerenciamento e planejamento em inovação, gestão de projetos, análise de dados, metodologias ágeis e Scrum (sistema gerenciamento para desenvolvimento de software).

“São aptidões muito requeridas por empresas dos segmentos de comunicação digital, publicidade e marketing digital, segurança e análise de dados e desenvolvimento de tecnologias digitais. Afinal estes são setores que registraram grande demanda nessa época de distanciamento social, quando muitas empresas foram obrigadas a colocar em prática ou até mesmo criar de um dia para o outro seus projetos de transformação digital”, diz Marcos Bernardo, co-funder do Instituto Gyntec Academy. Ele diz que explica 34,2% das empresas estão à procura por profissionais de vendas e marketing. “A busca é por estes profissionais com ampla experiência em ferramentas digitais e atendimento online”, frisa.

Comunicação
Sócio-diretor da Versa Comunicação Estratégica, Bruno Rocha Lima afirma que cresceu muito a demanda de empresas para se comunicarem mais e melhor com seus consumidores, fornecedores e com comunidade em geral, o que fez aumentar consideravelmente a procura por profissionais de comunicação e de marketing. “O foco é nas redes sociais e também na melhor relação com os veículos tradicionais de comunicação. Para isso, as empresas precisam de definir qual é a estratégia mais eficiente para dialogar com cada público”, afirma o jornalista, com especialização em mídia digital. “Esta demanda cresceu não apenas no setor privado, mas também no setor público, que tem sido cada vez mais cobrado por transparência e entrega de resultados. Não dialogar com o seu público é visto como uma postura negativa. Comunicar mal é ainda pior”, frisa.

Diretora de uma agência de marketing digital em Goiânia, a publicitária Tauhana Porto conta que logo que foi decretado o estado de emergência em saúde pública no Estado de Goiás registou um aumento de 50% nas demandas apresentadas por seus clientes. “Com essa questão da pandemia e do distanciamento social, as empresas perceberam a necessidade de reforçar sua presença no meio digital. Então nossos clientes começaram demandar muito”, diz.

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.