A rede Store Supermercados tem dez lojas em Goiânia e Aparecida e abrirá outra em Trindade

As redes goianas de supermercados estão voltando a ocupar espaços que, nos últimos anos, foram tomados pelas grandes redes nacionais e internacionais, como Pão de Açúcar, Extra, Carrefour, Bretas e outras. Por isso mesmo e também por causa da retomada da economia, o presidente da Associação Goiana de Supermercados (Agos), Gilberto Soares, estima investimentos superiores a R$ 100 milhões com a abertura ou modernização de lojas em todo o Estado. Entre as empresas goianas que estão expandindo suas redes, este ano, estão o Super Barão, Store, Moreirinha, Prátiko e outras que usam a bandeira Smart.

O Super Barão Supermercados vai abrir até junho mais duas unidades, uma no Buena Vista Shopping, onde funcionava o Empório Piquiras, no Setor Bueno – inclusive já tem uma faixa no local anunciando -, e a outra no Jardim Atlântico. Atualmente, o grupo tem 22 lojas, das quais 15 na Grande Goiânia e outras 7 no interior do Estado: Formosa (2) Valparaíso de Goiás (1), Luziânia (1), Jaraguá (1), Goianésia (1) e Inhumas (1). O Super Barão Supermercados que começou sua trajetória em 1992, com um mercadinho na rua P2, no Setor dos Funcionários, é hoje a maior rede regional do ramo em Goiás.

A rede Prátiko já tem sete lojas em Goiânia e Senador Canedo e agora vai abrir outra próxima ao Buriti Shopping, na divisa entre Goiânia e Aparecida de Goiânia. A rede Store Supermercados, com dez lojas em Goiânia e Aparecida finaliza outra unidade em Trindade, a ser inaugurada nos próximos meses. O Moreirinha, que nos últimos dois anos, abriu lojas menores em diversos bairros de Goiânia, sendo duas na T-63, constrói outro supermercado na região de condomínios da capital, entre o Alphaville e os Jardins.

Várias pequenas empresas do ramo supermercadista localizadas no Estado também aderiram à bandeira Smart, que é uma franquia do grupo Martins, de Uberlândia (MG), criado no ano de 2000 para dar condições de igualdade aos pequenos e médios empresários competirem em um mercado cada vez mais profissional e acirrado. O Smat hoje é a segunda maior franquia do Brasil com mais de 600 lojas, em 400 municípios de 21 Estados e a quinta maior rede de supermercados em faturamento.

O supermercado Bom Preço, do município de Posse, no Nordeste Goiano, aderiu à bandeira Smat. Graças a isso, se modernizou e agora o seu proprietário está abrindo mais duas lojas na região.

Mudanças
Gilberto Soares reforça que vários fatores levaram os supermercados de pequeno e médio portes a abrirem novas lojas em bairros diferentes de Goiânia e em cidades do interior do Estado. Os chamados supermercados de vizinhança facilitam a vida dos consumidores que têm acesso a produtos frescos e saudáveis, sobretudo, orgânicos, diet ou light, sem precisar enfrentar o trânsito caótico.

Já os supermercados têm condições de comercializar produtos a preços competitivos graças a estabilização da economia e compras em maior volume, bem como oferecer serviços, como fazer a entrega das compras na casa do cliente. “As pequenas redes de supermercados têm esta facilidade de abrir pequenas lojas em bairros residenciais e até comerciais, e ainda o contato direto com os fornecedores”, argumenta Gilberto Soares.


Deixe seu comentário