Mara Suassuna: “A mulher poderá ir mais além nos seus projetos”

O Brasil conta com 24 milhões de negócios liderados por mulheres, respondendo elas pela abertura de 14 milhões de empresas, em face das 13 milhões dos homens, De acordo com pesquisa da Global Entrepreneurship Monitor (GEM)/2017. “Mesmo à frente, elas enfrentam desafios e tem mais dificuldade em prosperar seus negócios”, afirma a presidente da BPWGoiânia – Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais, Mara Suassuna.

Para fomentar suas atividades, elas contarão com o Passaporte Mulher de Negócios, lançado em 30 de agosto no 1º Fórum Empreender Feminino, em Goiânia, pela BPW e Sebrae Goiás. Um universo de 250 mulheres será contemplado com as vantagens do passaporte, totalmente gratuito. na capital.

A iniciativa oferecerá um conjunto de soluções que contribuirão para que toda mulher que queira e se interesse pelo empreendedorismo possa se desenvolver. “Com o passaporte, a mulher poderá ir mais além nos seus projetos, bem como será um facilitador para contribuir com o aprimoramento do potencial gerencial e da capacidade empreendedora”, diz Mara Suassuna.

“As soluções apresentadas no passaporte são trilhas de capacitações a serem percorridas ao longo de um período, que se inicia em agosto e vai até dezembro deste ano”, detalha Mara, lembrando que o Fórum traz uma programação indutora de reflexão da capacidade empreendedora da mulher, permitindo a troca de experiências e network.

O percurso das trilhas está centrado em três eixos. Na Capacitação, para ampliar conhecimento acerca do tema empreendedorismo; Quer Empreender, voltada à mulher que tem alguma ideia e busca apoio para a execução; e, Já Empreende, para quem busca a sustentabilidade, a inovação e deseja ir mais além com seu negócio.

A mulher empreendedora opta por um dos eixos para percorrer as trilhas e jornadas de conhecimento. As jornadas serão compostas por encontros presenciais e as trilhas de desenvolvimento serão online ou não, de acordo com a escolha da participante, dentre as opções oferecidas pelo Sebrae e as instituições parceiras.

Benefícios
A cada percurso concluído, a mulher receberá um carimbo no Passaporte e um certificado das capacitações escolhidas durante as Jornadas de Inspiração pré-agendadas. As empreendedoras que fizerem acima de 55 horas de capacitação e validados no seu Passaporte, e forem as 30 primeiras a completarem sua trilha de desenvolvimento, até o encerramento da Chamada, garantirão participação no Bootcamp em dezembro/2019. “O Bootcamp se trata de um ensino imersivo focado nas habilidades mais relevantes de determina área para atuação no mercado”, explica.

No ano passado o Sebrae prestou 89 mil atendimentos, dos quais 37 mil foram para mulheres com interesse em informações empreendedoras . De acordo com Vera Lúcia Oliveira, analista do Sebrae, as mulheres empreendem pouco em segmentos mais inovadores. “Isso nos leva a concluir que elas são menos intensivas em inovação. É neste recorte que aprofundamos estudos para identificar as dificuldades e características para a promoção da competência empreendedora da mulher”, frisa.


Deixe seu comentário