Vendas de carros novos em Goiás cresceram 21,06% em 2018

Vendas de carros novos em Goiás cresceram 21,06% em 2018

15 de janeiro de 2019

As vendas de automóveis e comerciais leves subiram mais em Goiás no ano passado que no Brasil

Na esteira da força do agronegócio, o mercado goiano de automóveis e utilitários fechou 2018 com alta de 21,06% sobre o resultado de 2017. Foram emplacadas 75.671 unidades contra 62.507. No Brasil, o resultado foi um crescimento de 13,73% no mesmo segmento e período comparado, com comercialização de 2,4 milhões de unidades em 2018 contra 2,1 milhões em 2017.

Para Lincon Vargas da Silva, gerente do Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos Automotores de Goiás (Sincodive/GO), o resultado ficou dentro das expectativas do setor e reflete a continuidade da retomada dos negócios impulsionada pela maior oferta de crédito e força da economia do Estado, baseada no agronegócio.

“A conjuntura mudou, as pessoas e as empresas estão investindo mais com a volta do crédito e o agronegócio mantendo seus resultados positivos na economia. Somado a isso, você tem uma estratégia agressiva de vendas, que sempre foi uma marca do concessionário goiano”, avalia o dirigente do Sincodive/GO.

Comparados apenas os resultados de dezembro, o relatório da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), entidade que representa mais de 7,4 mil concessionários de veículos do país, mostra que Goiás também ficou à frente do resultado nacional. Foram emplacados 6.742 veículos contra 6.081 em dezembro de 2017 (alta de 10,87%). No Brasil, a mesma comparação resultou em 225.000 unidades contra 204.837 (+ 9,84%).

Segmentos de caminhões e ônibus e motocicletas também apresentaram altas no resultado anual, mas com Goiás ficando atrás do Brasil em ambos os casos. No primeiro houve crescimento de 42,2% no Brasil e 34,8% em Goiás; em motocicletas o salto total de 2018 para 2017 foi de 10,4% no Brasil e 5,1% em Goiás.

Boas perspectivas

Para o Sincodive/GO, o resultado confirma as boas perspectivas do setor para este ano. “A Anfavea prevê para este ano aumento de 11,4% nas vendas, chegando a 2,86 milhões de unidades. Vamos esperar pelo próximo relatório da Fenabrave, que faz também uma análise de conjuntura para embasar o que poderá ser este ano. Mas seguimos acreditamos que será um ano bom, melhor ainda do que o de 2018”, concluiu Lincon Vargas.

A Anfavea chegou a essa conta com base nas premissas de que o PIB de 2019 deve ficar entre 2,5% e 3%, as condições de crédito, juros e inflação continuarão razoáveis e a confiança dos investidores e dos consumidores continuará crescente. A entidade também coloca no cálculo, entre outros itens, a expectativa de aprovação de reformas, principalmente a da Previdência.

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.