Lorrany Freitas iniciou os negócios no mercado de estética em Joviânia, sua terra natal, e hoje tem mais duas unidades: uma em Goiânia (foto) e outra em Unaí, Minas Gerais, mas vai abrir mais centros estéticos

Com três unidades de centro especializado em fotodepilação e fototerapias estéticas, a empresária Lorrany Silva Barbosa Freitas, 27 anos, se prepara para mais um passo na sua vida empreendedora no mercado de estética: o licenciamento da sua marca, a Bye Pelos Estética. Há mais de uma década, ela atua no segmento de beleza e os planos para o próximo ano, além de expansão de lojas, inclui também o lançamento de uma linha de produtos dermocosméticos com a marca, como cremes de clareamento de pele e protetores solares, para ser uma opção de venda para os licenciados. “Estou negociando com dois laboratórios em São Paulo”, conta.

Em 2015, Lorrany Freitas inaugurou a primeira unidade da Bye Pelos Estética, em Joviânia, sua cidade natal. Um ano depois, ela abriu a segunda unidade, desta vez em Unaí (MG). Em Goiânia, a empresa foi aberta em sociedade com a irmã, também enfermeira esteta, Layane Barbosa, 24 anos, em agosto deste ano. O espaço, na Rua 13, 485, Setor Oeste, está sendo formatado para servir de modelo para licenciamento.

“Para abrir a unidade em Goiânia fizemos um estudo de mercado, avaliamos demanda pelos serviços e quantidade de pessoas que atuam na área. O custo para implantação na capital foi cerca de 30% superior ao do interior, mas queria ter um centro de referência para ajudar na formatação para o licenciamento”, afirma a empresária.

O centro estético oferece serviços voltados para homens e mulheres com resultados já reconhecidos onde atua, entre eles, alta tecnologia para fotodepilação, peelings, limpeza de pele, drenagem linfática, além de tratamento para manchas, acnes e rejuvenescimento.

Lorrany quer abrir unidades em Goiatuba, Morrinhos, Caldas Novas e Itumbiara; além de cidades mineiras e também no Tocantins. Para tanto, serão oferecidos dois tipos de licença: a individual e para clínicas

Licenciamento

A empresária também tem planos de levar licença da Bye Pelos Estética para dentro dos salões de beleza na capital. “O objetivo é popularizar a técnica de fotodepilação, já que ela é simples e o resultado é satisfatório. As pessoas acabam optando pela cera por não a conhecerem”, informa. Atualmente, as três unidades empregam seis pessoas, das quais três em Goiânia.

Para o processo de licenciamento, previsto para 2019, ela vai formatar as unidades de Unaí e Goiânia, estabelecendo padrão de atendimento, faturamento, modelo de gestão e sistematização. Segundo Lorrany, será exigido do contratante da licença um profissional habilitado para ser o responsável técnico. O licenciado receberá treinamento, o sistema e maquinário da Bye Pelos.

Lorrany explica que serão oferecidos dois tipos de licença, a individual, destinada à profissionais habilitados para operar o equipamento e atender sozinhos, e a licença para clínicas com fotodepilação e estética, igual a dela em Goiânia. Para o primeiro perfil o custo será R$ 60 mil, com previsão de faturamento mensal de R$ 20 mil. No caso da segunda, o interessado precisará investir R$ 100 mil, com faturamento previsto de R$ 40 mil por mês.

Entre os locais que são focos para levar a marca Bye Pelos Estéticas por meio de licenciamento estão municípios no interior de Goiás, como Goiatuba, Morrinhos, Caldas Novas e Itumbiara; além de cidades mineiras e Tocantins.

A Bye Pelos oferece serviços voltados para homens e mulheres, entre eles fotodepilação, peelings, limpeza de pele, drenagem linfática, além de tratamento para manchas, acnes e rejuvenescimento

Histórico

Lorrany Freitas começou a atuar com procedimentos estéticos aos 15 anos. “Precisava trabalhar e uma tia esteticista me ensinou algumas técnicas básicas. Comecei com massagem, limpeza de pele e, desde então, me apaixonei por essa área estética”, conta. Aos 16 anos, montou seu primeiro negócio: uma loja para vendas de produtos cosméticos, em Joviânia. Para realizar o investimento, ela recorreu a financiamento. “Com o trabalho, paguei o empréstimo”.

Dois anos depois, ela vendeu a loja, casou-se com o agrônomo Luciano Freitas e se mudou para Unaí (MG), onde cursou Enfermagem. Na cidade mineira, Lorrany trabalhou com estética básica em centros especializados. No segundo ano de Enfermagem, ela recebeu uma herança da avó e usou o recurso para abrir um centro estético de equipe multiprofissional em Unaí, mas dois anos depois decidiu fechá-lo e focar os investimentos em fotodepilação .

Logo após se formar, Lorrany fez especialização em enfermagem dermatológica estética pela PUC Goiás e abriu a primeira unidade da Bye Pelos em Joviânia, em 2015. Quatro meses depois, a irmã, Layane Barbosa, 24, com a mesma formação, passou a assumir a responsabilidade técnica do local.

Em 2016, Lorrany inaugurou a segunda unidade, em Unaí (MG). Em Goiânia, a empresa foi implantada em sociedade com a irmã Layane Barbosa. Hoje, Layane divide seu tempo entre os atendimentos na capital e em Joviânia. Lorrany, gerencia a unidade de Goiânia e de Unaí, onde desde março a nova responsável técnica passou a ser Nayanne Martins.


Deixe seu comentário