Plumatex é a segunda maior fabricante de colchões do Brasil

Plumatex é a segunda maior fabricante de colchões do Brasil

14 de agosto de 2018

Rodrigo Melo, na matriz em Anápolis, onde nasceu a Plumatex, que trabalha com 420 tipos de colchões de molas, 230 tipos feitos de espuma, camas box e acopladas

Prestes a completar 34 anos, a indústria goiana Plumatex Colchões comemora a vice-liderança do mercado brasileiro de fabricação de colchões de espuma, molas, camas box e acopladas e lâminas de espumas industriais, com tecnologia de ponta, a mesma usada pelas principais indústrias norte-americanas. A empresa, com matriz em Anápolis e filiais nas cidades de Candeias (BA), Bayeux (PB) e Três Rios (RJ), produz mais de 2 milhões de colchões por ano, que chegam a milhares de lojas, de 5.600 clientes, espalhadas por todo o Brasil.

Para atender à crescente demanda do mercado, a empresa vai instalar mais uma indústria. O projeto é para Imperatriz, no Maranhão. “Com esta nova unidade, a Plumatex espera levar seus produtos para os últimos territórios brasileiros aonde ainda não chegaram, devido à dificuldade da logística: Amazonas, Roraima e Amapá”, explica o empresário Rodrigo Miguel de Melo, ao EMPREENDER EM GOIÁS.

Outra novidade. Ainda este ano, a empresa vai lançar mais uma marca de colchões no mercado, a MillBrooks, que será um produto premium, para clientes diferenciados. Atualmente, os produtos da empresa levam as marcas Plumatex Colchões, que é mais comercial, a Unique, que é a marca premium, e a Sealy, de categoria internacional. Entre os maiores compradores dos produtos da empresa estão o Magazine Luiza, com mais de mil lojas no país, a Casas Bahia e a rede Armazém Mateus, do Maranhão. A empresa está entre as 10 maiores fornecedoras de produtos ao Magazine Luiza.

Rodrigo Melo: “Entre os maiores compradores dos produtos da empresa estão o Magazine Luiza, a Casas Bahia e a rede Armazém Mateus, no Maranhão

Tecnologia

Sem modéstias, Rodrigo Melo conta que a Plumatex é uma empresa que se destaca como a mais moderna e bem estruturada indústria do segmento colchoeiro do Brasil, entre as mais de 400 existentes no mercado. “Estamos sempre buscando novas tecnologias, com empresas de ponta do mundo todo, para garantir aos nossos consumidores produtos de qualidade e que levam conforto no repouso de qualquer pessoa”, salienta.

Não é por acaso que os produtos Plumatex chegam às camas de mais de 1,5 milhão de pessoas por ano. A empresa trabalha com 420 tipos de colchões de molas e outros 230 tipos feitos de pura espuma e procura sempre novas tecnologias, inclusive estrangeiras, para atender os consumidores.

De acordo com Rodrigo Melo, toda a espuma utilizada pela indústria é selada, certificada através de laboratórios próprios e por profissionais qualificados e equipamentos calibrados da mais alta precisão que verificam todas as propriedades da matéria-prima utilizada na fabricação dos colchões. “O mercado atesta e nós garantimos a qualidade dos nossos produtos”, afirma.

Entre os destaques das matérias-primas dos colchões produzidos pela empresa estão a vitamina E, que preserva a pele contra o envelhecimento precoce, o tecido fabricado com fibras de bambu, hipoalergênico, macio e termodinâmico. Ou seja, quente no inverno e fresco no verão. E o uso de espumas de alta performance, que se molda aos contornos do corpo, feita com tecnologia da Nasa.

Rodrigo Melo, no pátio da empresa em Anápolis, que tem 5.600 clientes no país e gera 1.200 empregos diretos e milhares indiretos

História

A Plumatex nasceu em Anápolis, em 10 de outubro de 1984, pelas mãos do então cerealista Moacir Lázaro de Melo que vislumbrou a decadência do setor que atuava e decidiu partir para um novo negócio. Primeiro foi a Goiás Espuma e, em 1991, mudou-se para Plumatex.

A empresa foi uma das pioneiras a acreditar no programa de incentivo fiscal oferecido pelo Governo do Estado, o Fomentar, atualmente Produzir. Com isso, foi possível aumentar de 100 colchões por dia para os 6 mil, atualmente, e subir de 20 para 1.200 empregados diretos, além de ter a confiança do mercado

Atualmente, Moacir de Melo é presidente do Conselho da empresa, que tem os comandos dos filhos Rodrigo Miguel de Melo, que cuida da fábrica goiana, de Rafael Miguel, da indústria localizada na Bahia, de Ronaldo Miguel de Melo, que fica no Rio de Janeiro, e de Renan Miguel de Melo, na Paraíba.

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.

3 thoughts on “Plumatex é a segunda maior fabricante de colchões do Brasil”

  1. Avatar Djalma Antonio Representações disse:

    Parabéns a Plumatex, isto demonstra a ampla visão dos seus administradores os irmãos Miguel de Melo, em gerir e administrar os negócios que lhes foi confiado pelo vosso pai o Sr Moacir de Melo.

  2. Olá Pessoal dessa grandiosa empresa, Plumatex
    Pesquisando eu na internet, acabei de ver algo fantástico no segmento de colchões chamada Plumatex.
    Que sorte a minha.
    Gostaria de saber se vocês já tem representante no estado de Rondônia.
    Eu que sou representante comercial aqui no estado de Rondônia já há 30 anos
    e tenho conhecimento com o mercado de colchões.
    Gostaria muito de poder representar.
    Caso haja interesse, estou às ordens.
    Por favor, estou precisando de trabalhar e conheço todo esse mercado e clientes no estado inteiro.

  3. Vcs precisa ter funcionário para inspecionar os produtos, comprei uma cama veio com defeito ,troquei veio com defeito também, a troca só foi feita porque paguei a diferença, agora a vendedora da loja ortosono de Ribeirão Preto do Centro alega que tenho que esperar a fábrica entrar em contato comigo, palhaçada isso ,quando entrou mais dinheiro fez rápido a troca e agora como não vai entrar mais dinheiro alegou que tenho que esperar a fábrica resolver a troca