Desemprego em Goiânia é o segundo menor no País

Desemprego em Goiânia é o segundo menor no País

23 de agosto de 2017

Boa notícia: Goiânia tem a segunda menor taxa de desemprego (8,1%) entre as capitais brasileiras, perdendo apenas para Florianópolis (7,6%). Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (Pnad), do IBGE. As capitais com maiores percentuais são Manaus e São Luís, ambas com 19,8%.

Já entre as Regiões Metropolitanas brasileiras, a de Goiânia também se destaca com a terceira menor taxa de desocupação (9,8%), atrás das de Florianópolis (7,7%) e de Vale do Rio Cuiabá (MT), com 9,6%. A de Recife tem a maior taxa, 19,7%.

Outra boa notícia é que a taxa de desemprego em Goiás caiu 1,7 ponto porcentual no segundo trimestre deste ano, para 11%, em comparação ao mesmo período do ano passado, num claro sinal de início da recuperação econômica. É a oitava menor taxa entre as 27 economias estaduais do País.  Santa Catarina está em primeiro lugar, com 7,5% de desocupação, e Pernambuco tem a maior taxa (18,8%).

A taxa média de desemprego no Brasil é de 13% da população com 14 anos ou mais de idade.

O rendimento médio do trabalhador goiano é de R$ 1.979,00, a 12ª melhor posição entre os Estados brasileiros, sendo que o Distrito Federal tem o maior rendimento médio (R$ 3.726,00) e o Maranhão o menor (R$ 1.258,00). Os trabalhadores goianos do sexo masculino (R$ 2.155,00) recebem em média mais que as mulheres goianas (R$ 1.738,00).

O portal Empreender em Goiás é uma iniciativa privada com a missão de incentivar a abertura e o crescimento de empresas. Contamos com os melhores parceiros para gerarmos notícias, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.