Bono Pneus busca investidores para entrar no mercado goiano

Bono Pneus busca investidores para entrar no mercado goiano

26 de junho de 2017

Com riscos menores do que um negócio próprio, as franquias são boas opções para quem busca ingressar no mundo do empreendedorismo. Disposta a abrir novos mercados, a empresa Bono Pneus, com sede em Campinas (SP) e 24 anos de existência, aposta no potencial do mercado goiano para encontrar um franqueado para a marca no Estado.

“Procuramos uma pessoa com espírito empreendedor que se identifica com o nosso ramo, seja comprometida, tenha iniciativa e tempo para se dedicar ao negócio e, especialmente, habilidade para liderar e gerenciar pessoas”, explica o diretor de expansão da Bono Pneus, Flávio Antônio da Silva, ao EMPREENDER EM GOIÁS.

Convém lembrar que levantamento do Sebrae aponta o setor de serviços e peças automotivas como entre os dez segmentos com maior potencial de crescimento neste ano em Goiás.

A rede Bono Pneus está presente em oito Estados e procura investidores para abrir filiais em Goiás

O investimento inicial para abrir a franquia varia de R$ 400 mil a R$ 800 mil, que inclui reforma do ponto e equipamentos, além do estoque inicial e a taxa de franquia (R$ 60 mil). O prazo de retorno do investimento é estimado em até 48 meses e o faturamento médio mensal de uma loja da marca é de R$ 158 mil, com lucro líquido médio de 10%.

A Bono Pneus tem lojas em oito Estados e Goiás é considerado um mercado promissor no segmento de oficinas automotivas. Por isso, a decisão da marca de abrir a primeira franquia no Estado. “Temos dados que mostram que Goiás é um estado promissor, destacando sua frota de veículos com média de um veículo para cada quatro 4 habitantes, e o IDH considerado alto”, diz o executivo da empresa.

Já existem três empreendedores interessados em investir na franquia em Goiás: dois em Goiânia e um em Rio Verde. Porém, segundo o diretor de expansão da Bono, há potencial para investir em outras cidades como Aparecida de Goiânia, Anápolis, Luziânia, Trindade e Formosa.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.