Rafael Barbosa: “Depois de São Paulo, vamos abrir escritórios no Rio de Janeiro e em Brasília em 2020, mas a meta é levar a atuação da scale up para todo o País em até cinco anos”

A plataforma digital de permutas multilaterais XporY.com, fundada em Goiânia em 2014, inicia por São Paulo seu plano de expansão nacional, com previsão de inauguração do novo escritório em setembro próximo. O próximo passo será ampliar a atuação para Rio de Janeiro e Brasília em 2020, mas a meta é levar a atuação da scale up (empresa que apresenta crescimento de no mínimo 20% ao ano por três anos consecutivos) para todo o País em até cinco anos.

A XporY.com trabalha dentro do conceito de economia compartilhada e é atualmente uma das quatro maiores plataformas de permutas multilaterais do Brasil, sendo a maior em número de usuários. Contando com mais de 6.800 inscritos, a scale up movimenta hoje mais de 3 milhões em X$ (moeda virtual equivalente ao 1 real) mensalmente, tendo registrado um crescimento de mais de 100% só entre 2017 e 2018.

A perspectiva, segundo o engenheiro mecatrônico Rafael Barbosa, fundador da plataforma, é de que a empresa feche o ano de 2019 com crescimento anual superior a 100%, ampliando a movimentação mensal em X$ para mais de 5 milhões.

Para a abertura do escritório na capital paulista, a empresa já formalizou a contratação de profissionais, está fazendo pesquisas de mercado e firmando as primeiras parcerias locais.

“Escolhemos a capital paulista por ser a mais importante cidade do Brasil no âmbito dos negócios”, afirma Rafael, que é especialista em gestão, inovação e empreendedorismo.

Vitrine

“Os profissionais continuam produtivos, as empresas mantém o seu giro de estoque e, de quebra, aumentam seu poder de compra. A XporY.com também funciona como uma vitrine para a empresa ou o profissional autônomo”, explica Rafael. Segundo ele, a ideia nasceu de modelos de plataformas de permutas criadas nos Estados Unidos.

Um diferencial da XporY.com, em relação a outras plataformas de permuta, explica, é a ausência de custo na adesão, ou seja, os participantes não têm que pagar para entrar na rede, nem mesmo um valor mensal ou anual como manutenção. Com a XporY.com, somente na hora de consumir, é que se cobra uma taxa de 10% em reais sobre o valor da compra, ou seja, quem negocia seu produto ou serviço na plataforma não paga nada. O cadastro no serviço é gratuito.

Novos associados podem fazer empréstimos em X$ e adquirir qualquer item oferecido na plataforma. O valor emprestado em moeda digital poderá ser pago à medida em que o serviço ou produto ofertado for negociado. Caso o empréstimo não seja quitado em X$ no prazo de 90 dias, o valor faltante deverá ser pago em dinheiro. O cadastro é gratuito e pode ser feito pelo portal da XporY.com, no aplicativo da plataforma ou mesmo na loja física da empresa.


Deixe seu comentário