A indústria gaúcha Fontana S.A irá instalar uma unidade em Palmeiras de Goiás, onde investirá R$ 130 milhões para fabricar produtos de higiene, limpeza pessoal e oleoquímicos. A previsão é de que serão gerados 450 empregos diretos, além dos postos de trabalho associados ao transporte de cargas, que dependem da área de atendimento e da ocupação da planta no período.

Com a assinatura do protocolo de intenções nesta quinta-feira (28/02) com o governo de Goiás, o início da primeira fase da obra deve acontecer entre julho e agosto de 2019. A unidade começa a operar no início de 2020, de acordo com o presidente da empresa, Maurício Ecker Fontana. “Temos o ramo de atividade da cadeia da gordura, da carne, como principal viés. Trabalhamos junto com a grande produção que é a pecuária do Estado”, disse.

A empresa foi fundada em 1934, por Pedro Fontana, com uma pequena fábrica de sabão, que operava sob métodos artesanais no interior do Rio Grande do Sul. A produção, na época, era relativamente baixa e a procura do produto pequena. A partir do ano de 1958, houve um crescimento dos negócios e a pequena fábrica deu lugar a uma empresa de maior porte e capacidade de produção.


Deixe seu comentário