Governador Ronaldo Caiado e o CEO da BRF, Pedro Parente, durante reunião em São Paulo, com a participação de lideranças políticas de Rio Verde e Mineiros (Foto: Governo de Goiás)

A BRF (Brasil Foods) se comprometeu a apresentar um plano para a retomada de investimentos em suas unidades em Rio Verde e Mineiros. O CEO da empresa, Pedro Parente, se sensibilizou com a demanda apresentada nesta quarta-feira (07/02) pelo governador Ronaldo Caiado e designou imediatamente um grupo de trabalho para montar o plano. O resultado será o aumento da produção e, consequentemente, a geração de novas oportunidades de emprego no Sudoeste goiano.

O governador foi a São Paulo acompanhado do prefeito de Rio Verde, Paulo do Vale, do deputado federal José Mário Schreiner e do deputado estadual Chico do KGL. Ao final da reunião, demonstrou entusiasmo com a possibilidade de a empresa retomar a produção na mesma escala de antes da suspensão das exportações nas plantas industriais dos municípios.

“Viemos aqui hoje na empresa para trazer o sentimento das cidades de Mineiros e Rio Verde que, neste momento, estão com várias granjas desativadas. Pedimos que a BRF volte a sua atenção para estes que são indiscutivelmente dois de seus polos mais competitivos e rentáveis. O resultado positivo foi que o presidente da empresa, Pedro Parente, se sensibilizou com nossos argumentos. A meta que temos é que voltem a produção ao patamar de anos anteriores”, comemorou o governador.

A empresa – que reúne as marcas Sadia e Perdigão – tem cerca de 10 mil trabalhadores em Rio Verde, Jataí e Buriti Alegre e produz uma média de 692 mil toneladas de alimentos por ano. Em Mineiros, a empresa conta com mais de mil funcionários. Segundo o governador, a grande preocupação no momento é com o impacto direto da desativação das granjas nos municípios, que atinge a economia local e de modo especial os produtores integrados, que fornecem aves e suínos para a unidade.

A cadeia envolvida na produção da indústria é grande e engloba milhares de famílias nos dois municípios. “A BRF tem potencial para fazer investimentos maiores em Rio Verde e Mineiros. Queremos que ela volte a ocupar o mesmo espaço que já teve, pois os produtores rurais que atendiam a empresa perderam muitos investimentos, o que causou uma grande dificuldade para muitos moradores da região Sudoeste”, explicou Ronaldo Caiado.


Deixe seu comentário