Rondinelly Barros, Elton Querubim e Elton Robson no parque industrial da empresa Rei do Milho Alimentos, em Inhumas

A vantagem de Goiás ser o 4º maior produtor nacional de milho, dentro do maior celeiro mundial que é o Brasil, leva empresas como o Grupo Rei do Milho, com sede em Inhumas, crescer ano a ano e se destacar na produção de produtos derivados deste cereal e conquistar o mundo, fornecendo matéria-prima para as grandes indústrias alimentícias e de bebidas, graças a qualidade e aos preços competitivos.

Confiante na retomada da economia brasileira e no aumento do número de clientes em outros países, o Rei do Milho espera dobrar sua produção e, automaticamente, as vendas em 2019. Atualmente, a empresa beneficia 55 mil toneladas de milho por ano. As exportações, que crescem sistematicamente, já representam 10% do faturamento do grupo.

Há 15 anos no mercado, o Rei do Milho começou pequeno, como muitas outras empresas nacionais. Mas graças a persistência dos irmãos Elton Robson e Rondinelly Barros, foi crescendo, sempre sob a orientação do pai Elton Querubim Barros, que tinha uma cerealista de milho e feijão nas décadas de 80/90.

Hoje, a empresa se destaca fornecendo matérias-primas derivadas do milho para todo o Brasil e para países europeus, asiáticos e da América Central. Esses mercados foram conquistados em rodadas de negócios promovidas pelo governo do Estado, pelas embaixadas de outros países no Brasil e em feiras nacionais e internacionais.

A empresa realiza investimentos em programas de controle de qualidade garantindo diferencial e competitividade no mercado

Atuação

O grupo Rio do Milho atua nos segmentos de industrialização de matérias primas alimentícias especificamente derivados de milho e nutrição animal, bem como, na pecuária de corte, produção de bovinos de cria, recria e engorda, logística (Need Transportes) para atender as demandas da própria empresa atendendo seus clientes em todo o Brasil e levando os produtos até os portos brasileiros para seguirem para outros países.

Entre os produtos da empresa goiana, estão as matérias primas derivadas do milho para a fabricação de biscoitos, massas, sopas, cereais matinais, farinha láctea, snaks, doces, grits cervejeiro para as cervejarias, canjica, fubá, creme, sêmola, fibras, milho de pipoca e germe de milho, usado na produção de ração animal. Entre os grandes clientes da Rei do Milho estão a Nestlé, GSA, M. Dias Branco, BRF, Cerpa Cervejaria, Brasil Kirin, Cicopal e outras. O grupo é também auditado pela Ambev.

O parque industrial do grupo Rei do Milho Alimentos, em Inhumas, está localizado numa área total de 140 mil metros quadrados, com 12 mil m2 de área construída e infraestrutura para atender com qualidade e eficiência as necessidades de cada cliente. Nos últimos anos, o grupo vem modernizando sua linha de produção com o que há de mais novo no mercado moageiro.

Produtos da Rei do Milho estão em vários países do mundo. As exportações já representam 10% do faturamento do grupo

Investimento

O sócio diretor Elton Robson conta que a empresa investe, sistematicamente, em programas de controle de qualidade, efetuando planejamento e sistematização de suas atividades de produção e gestão industrial. “Qualidade é uma obrigação que toda empresa deve ter. É o que garante o diferencial e a competitividade no mercado”, afirma.

O Rei do Milho tem certificados e diversos selos de qualidade, conferidos por empresas especializadas em auditagem, pela Anvisa e pelo próprio Ministério da Agricultura e Pecuária. “Nosso sistema de gestão da qualidade nos consolida nos atuais e na conquista de novos mercados nacional e internacional”, acrescenta.


Deixe seu comentário